ANTT realiza operação no centro sul do Ceará e apreende 2 ônibus clandestinos

Esta foi mais uma etapa da Operação Pascal, com apoio da Polícia Militar, e foi realizada na quinta-feira, 20 de agosto

ALEXANDRE PELEGI

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres segue com a Operação Pascal em várias regiões do país.

A ação visa combater o transporte irregular e clandestino, em especial durante a pandemia devido às restrições impostas à circulação de ônibus em vários estados.

Nesta quinta-feira, 20 de agosto de 2020, a operação ocorreu em Iguatu e região, no Centro Sul do estado do Ceará. Na ação, que contou com o apoio operacional do 10° Batalhão da Polícia Militar do Estado, os fiscais apreenderam dois ônibus que levavam, ao todo, cerca de 46 passageiros.

APREENSÕES

Segundo relatos da equipe de fiscalização da ANTT, na rodovia CE-375, km 30, município de Jucás, foi interceptado um ônibus com 09 passageiros, que saiu das cidades de Pedra Branca e Icó com destino à cidade de São Paulo.

O veículo e os passageiros foram escoltados até a rodoviária de Iguatu para realização dos procedimentos de apreensão, bem como o encaminhamento dos usuários para o transporte regular.

O ônibus era clandestino, e apresentava ausência de vários equipamentos de segurança, além de outros com defeitos: para brisas trincado, extintor vencido, pneu careca, ausência de pneu sobressalente, falta de cintos de segurança em todas as poltronas, janelas e cortinas sem indicação das saídas de emergência e ausência de martelos de emergência.

Minutos depois, outro ônibus com 46 passageiros foi apreendido na localidade de José de Alencar, distante 15 km de Iguatu.

O veículo saíra de Mombaça e também tinha a capital paulista como destino. Ele havia desviado seu itinerário para evitar a fiscalização da ANTT. Os policiais que davam apoio à operação fizeram a abordagem inicial e conduziram o veículo para a rodoviária de Iguatu, para os procedimentos de apreensão e transbordo dos passageiros.

Para a surpresa dos fiscais, os 9 passageiros flagrados no primeiro ônibus haviam sido embarcados no segundo ônibus clandestino.

Ambos os veículos estavam em péssimo estado de conservação, sem nenhum cuidado sanitário tão importante nesses tempos de pandemia.

Os infratores foram autuados por não higienizarem adequadamente os veículos.

Em comunicado, a Agência reforça o alerta sobre os riscos de acidentes nos transportes clandestinos e da maior exposição à contaminação do coronavírus, uma vez que esses veículos não cumprem os mesmos protocolos sanitários adotados pelas empresas regulares.

A ANTT segue intensificando as fiscalizações na região e a Operação Pascal no estado do Ceará não tem prazo para encerrar.

Em caso de dúvidas ou denúncias o usuário deve entrar em contato com a ANTT através do telefone 166 ou do endereço eletrônico http://www.antt.gov.br

Veja fotos e vídeos da apreensão, enviados pela equipe da ANTT:




Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Clemilson Domingos Resende Santana disse:

    Parabéns ao trabalho hercúleo da ANTT no combate ao transporte clandestino, que também significa preservar vidas.

Deixe uma resposta