Baldy pede licença e Paulo Galli assume temporariamente Transportes Metropolitanos em São Paulo

Publicado em: 6 de agosto de 2020

Paulo José Galli fica no comando até novo nome

Alexandre Baldy foi preso pela PF em desdobramento da Lava Jato

ADAMO BAZANI

O Governo do Estado de São Paulo confirmou no início da noite desta quinta-feira, 06 de agosto de 2020, que Alexandre Baldy pediu licença do cargo de Secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo pelo período de 30 dias, a partir de amanhã, dia 7, para se concentrar exclusivamente na sua defesa.

Baldy foi preso no dia 06 de agosto na Operação Dardanários, um desdobramento da Operação Lava-Jato.

São investigados possíveis crimes de lavagem de dinheiro, peculato, organização criminosa e corrupção em contratos na área de Saúde em São Paulo e Rio de Janeiro, que teriam ocorrido desde 2017 e 2018.

Em nota, o governo do Estado diz que o secretário executivo da STM assume a pasta temporariamente.

À frente da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, Baldy retomou obras de mobilidade, garantiu a renovação da frota de ônibus intermunicipais e acelerou a construção de cinco novas estações do Metrô.

Alexandre Baldy tem demonstrado competência, dedicação e postura idônea no exercício da sua função no Governo de São Paulo. A Secretaria dos Transportes Metropolitanos passa a ser comandada temporariamente pelo seu Secretário Executivo, Paulo Galli.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Roberto Campos disse:

    Competência, dedicação e postura? Isso só pode ser uma piada. Improbidade administrativa é um modus operandi e um sinônimo das gestões do PSDB em São Paulo, que pelo visto acha que nós cidadãos somos idiotas.
    Porém, questiono a veracidade desta última afirmação, uma vez que o povo paulista elege há duas décadas os corruptos e incompetentes deste partido deplorável.

  2. JOAO LUIS GARCIA disse:

    Incrivel e vermos ainda pessoas defenderem esse tipo de politico, valores encontrados em seus imóveis guardados em cofres e com notas de R$ 100,00 todo mundo que trabalha em mercado financeiro sabe que as notas utilizadas para a lavagem de dinheiro são sempre as de maiores valores e pior que o atual governo ainda vai lancar a nota de R$ 200,00
    Esse Sr tem sua base politica em GO suas declarações de bens apresentam indícios de irregularidades e detalhe, não so a sua como a da sua esposa.
    De Deputado Federal por GO chegou a Ministro no Governo Temer e depois agora vem ser Secretario de Transportes Metropolitanos no Estado de SP., qual a experiência técnica que esse Sr possui para dirigir essa Secretaria, com certeza deve ter muito bom transito entre as lideranças politicas do Pais.
    Esta na hora desse tipo de politico ser execrado da vida politica.

  3. Laurindo Martins Junqueira Filho disse:

    Baldy de água fria nas intenções com respeito a Goiás e Goiânia…

  4. Sergio disse:

    Para quê se guarda 90 mil reais em casa?

  5. naldo disse:

    roberto campos deve ser um petista que nunca chegou e nem chegara ao governo de sao paulo, mais o certo que se o senhor Alexandre cometeu um ilicito, vai ser julgado e condenado, não sou lá fã da gestão do gov.

Deixe uma resposta