Depois de nove horas e batida de caminhão, linha 12-Safira da CPTM é normalizada

Publicado em: 30 de julho de 2020

Ninguém se feriu em acidente

Intervalo médio entre os trens chegou a ser de meia hora

ADAMO BAZANI

Após nove horas com problemas, a linha 12-Safira da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos voltou a operar normalmente por volta das 16h35 desta quinta-feira, 30 de julho de 2020.

Mas a manhã e parte da tarde foram difíceis para os passageiros.

De acordo com a CPTM, pouco depois das 7h35, um caminhão bateu num poste que sustenta a fiação da rede de alimentação elétrica dos trens. Em nota pela manhã, a companhia afirmou que os intervalos ficaram em torno de meia hora em toda a extensão e que apura as causas da batida

Leia a nota na íntegra:

Por volta das 7:35 desta quinta-feira (30/07) um caminhão atingiu um poste da rede aérea da CPTM nas proximidades da Estação Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira, prejudicando a circulação de trens no trecho entre as estações Ermelino Matarazzo e Tatuapé. O veículo não pertence à companhia e permanece no local.

Um trem com passageiros parou perto de Engenheiro Goulart e uma composição vazia retirou todas as pessoas, circulando sentido Brás.
Por conta disso os intervalos médios entre os trens é de 30 minutos em toda a linha. A CPTM está apurando as causas do acidente e pede desculpas aos passageiros pelos transtornos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Eduardo disse:

    Pela imagem a batida foi na região da Tiquatira, na Penha, e não nas “proximidades da estação Engenheiro Goulart”. De fato, é o meio caminho entre essa estação e Tatuapé.

    1. diariodotransporte disse:

      A informação é da CPTM, em nota encaminhada ao Diário do Transporte.

Deixe uma resposta