Viação Santa Edwiges, de Betim (MG), renova frota com sete ônibus

Publicado em: 29 de julho de 2020

modern business building with glass wall from empty floor

Veículos possuem carrocerias Caio

JESSICA MARQUES

A Viação Santa Edwiges, que faz parte do Grupo Paschoalin, adquiriu sete novos ônibus, com carroceria Caio. Os veículos já estão operando no sistema de transportes da cidade de Betim, no Estado de Minas Gerais.

Das sete unidades adquiridas, cinco são do micro-ônibus F2400, na versão urbana. Por sua vez, as outras duas unidades são do modelo Caio Apache Vip IV, de motor dianteiro.

“Todos os veículos adquiridos contam com elevador; itinerários eletrônicos em LED; sistema de monitoramento interno por câmeras; preparação para catraca eletromecânica e para validador eletrônico”, informou a Caio, em nota.

A fabricante informou também que os ônibus possuem assentos semi-estofados e “poltronas hidráulicas”, com encosto de cabeça e deslocamento lateral para o motorista.

Além disso, os veículos também são equipados com portas tipo fole, que possuem acionamento pneumático e bloqueadores para evitar abertura com o ônibus em movimento.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Heleno nunes de moraes disse:

    Ainda continua uma vergonha e uma máfia esse monopólio lamentável na nossa cidade. Merecemos transporte de verdade e intervenção de autoridades competentes para interferir nesse descaso e desrespeito com o contribuinte. 7 ônibus substituidos não resolve o problema do pessimo transporte de betim. Nota -0.

  2. Wendel Márcio Carvalho disse:

    Concordo com a resposta do Sr.Heleno Nunes, não é a aquisição de sete veículos sendo 5 micro ônibus que vai melhorar ou resolver o problema do transporte público da cidade de Betim e sim abrir espaço para concorrência. Mesmo esses veículos novos diante dos veículos da cidade de B.H que possuem suspensão a ar e ar-condicionado, são verdadeiras carroças.

  3. João Batista disse:

    Os acessórios destes novos ônibus são uma vergonha. Isso é o básico do básico, além de continuar sendo uma vergonha o transporte público em Betim. O transporte público de Contagem, também não é bom, mas parece que o de Betim está pior

  4. Clarice Patrícia Ribeiro de Paulo disse:

    Estamos precisando e de metro, outra empresa na cidade, pra da aos trabalhadores condições decentes de trabalho, pra gente não precisar ficar uma hora ou mais esperando um onibus pra voltar para casa em pe e apertados.

  5. Sérgio disse:

    A empresa Santa Edwiges é uma verdadeira vergonha. A população de Betim sofre com esses ônibus a muito tempo, estrutura péssima e falta de limpeza, fora que nunca seguem o quadro de horários.
    Já pagamos um valor de passagem altíssimo e não temos um transporte digno!
    Betim precisa urgentemente de uma outra empresa de transporte! Precisamos cobrar do Prefeito para que isso possa ser providenciado urgentemente!!!!!

  6. Valdivino Antunes disse:

    Renovou com sete ônibus?
    Isso é uma piada com a população kkkkkk

  7. Eduardo disse:

    já passou da hora de acabar com esse monopólio, essa cidade desse tamanho com essa santa Edwiges que e uma porcaria, teria de ter concorrência, aliás tinha de vir o quase impossível metrô para cá, mas o propina não deixa😒

  8. Charles disse:

    Se as pessoas ficarem só reclamando de tudo nada vai melhorar. Falar até papagaio fala. Quem não está por dentro do sistema não sabe de nada e so sabe reclamar.

  9. Daniel disse:

    Então o que vc acha que devemos fazer? Fingir que tudo está a mil e uma maravilha? Tá uma porcaria mesmo e a população inteira que infelizmente depende desse transporte tem que reclamar mesmo se não fosse nenhuma empresa teria canal de reclamações. Vc deve trabalhar lá por isso defende.

  10. robertaapsantos@outlook.com disse:

    É uma vergonha com passagem caríssima,e tem a cara de pau de renova com 7 ônibus, é um monopólio mesmo viu.

  11. Bruno disse:

    Está empresa, Santa Edwiges é uma vergonha. O transporte público de Betim é pífio. Entra político e sai político, mas nenhum consegue ou não tem interesse em acabar com este monopólio. Daqui a duzentos anos o metrô vai chegar e resolver o problema da população.

  12. Samuel Batista disse:

    É lamentável ouvir essa notícia de apenas 7 ônibus novos na cidade e sendo 5 dos 7 são microônibus, chega a ser uma chacota com a população de Betim que precisa urgentemente de renovar todos os ônibus que são velhos e com pouca circulação e ainda sempre lotado de gente, esse monopólio tem que acabar logo e ter transporte descente para a população de Betim

  13. Edna disse:

    Parabéns pelos 7 ônibus, mas na verdade deveriam trocar todos, está precisando d+, outra coisa que precisam olhar urgentemente, é coletivo levar + de um cadeirante, eu e meu filho somos cadeirantes, não tem como eu sair com ele, Uber não leva nem um direito, quem dirá 2, táxi acessível é o olho da cara, não consigo pagar nem pra mim, quanto + p/ nós dois, tenho amigas cadeirantes, que quando saem tem que ficar combinando quem vai e quem espera o próximo ônibus, isso é um descaso, uma falta de respeito, alguém olhe por nós, pessoas com deficiência também saem para resolver coisas, para fazer atividades e até mesmo passeiam, pessoas com deficiência é um ser humano como qualquer outro, embora muitos pensam que não!

  14. Soraia disse:

    Seis linhas de ônibus que passavam no granja verde,universal e capelinha e que iam até o metrô foram desativadas pela prefeitura de contagem,agora temos que andar um quilômetro né um lugar perigoso podendo ser atropelado ou assaltado,um descaso total e a prefeitura de Betim não faz nada

Deixe uma resposta