Marcopolo lança totem de autoatendimento para passageiros de ônibus com verificador de uso de máscara e medição de temperatura corporal

Publicado em: 28 de julho de 2020

Equipamento também pode ser usado em outras atividades , além do transporte

Equipamento possui também dispensador automático de álcool em gel e validador QR Code

ADAMO BAZANI

A Marcopolo Next, divisão de inovação da Marcopolo, anunciou à imprensa especializada no início da noite desta terça-feira, 28 de julho de 2020, o lançamento de um totem de autoatendimento com funcionalidades que podem ajudar a minimizar os riscos de contágio pela Covid-19 nos transportes.

Segundo nota da empresa, o equipamento possui verificador de uso de máscara, medição de temperatura corporal e dispensador automático de álcool em gel.

Além disso, o totem oferece validador de acesso via QR Code, que pode ser adaptado de acordo com cada empresa.

O equipamento, segundo a fabricante, pode ser usado por empresas de ônibus e administradoras de terminais e aeroportos, além de ambientes comerciais e corporativos.

Chamando comercialmente de Safe Check-in, o produto foi validado na rodoviária de Caxias de Sul (RS) e será usado já por passageiros em Porto Alegre (RS) e no Rio de Janeiro (RJ) com empresas operadoras.

A Marcopolo diz que o equipamento foi apresentado pela primeira vez em jogos do Campeonato Gaúcho de Futebol, medindo temperatura de jogadores e identificando o uso de máscara pela comissão técnica.

A companhia diz que a Federação Gaúcha de Futebol fechou parceria com a Marcopolo Next para colocar o sistema à disposição dos clubes até o término do campeonato para segurança sanitária.

O Safe Check-in integra um pacote chamado Marcopolo BioSafe, que reúne equipamentos e configurações nos ônibus, como poltronas únicas, divisórias entre passageiros, proteção para motorista e sistema de purificação do ar-condicionado.

Segundo a Marcopolo, em nota, alguns dos produtos e equipamentos podem ser usados em outros serviços, além dos transportes, como unidades médicas, indústrias e hotéis, entre outros estabelecimentos. Um exemplo é a desinfecção por névoa seca, chamada sistema FIP Spaces, serviço oferecido em conjunto com uma startup.

“Com a retomada das atividades econômicas, há a preocupação com as condições de biossegurança em mobilidade. Nossas soluções visam contribuir para que os deslocamentos de pessoas sejam mais seguros e tragam mais tranquilidade à população em geral”, afirmou o chefe de negócios da Marcopolo Next, Petras Amaral Santos.

Na nota, o CEO da Marcopolo, James Bellini diz que “a BioSafe representa o primeiro resultado de um projeto ambicioso que a Marcopolo iniciou no ano passado quando lançou a Marcopolo Next, uma divisão de inovação voltada para desenvolver soluções para o futuro da mobilidade. O plano estratégico da companhia também contempla os múltiplos aspectos da inovação em mobilidade, que passa por profundas transformações, independentemente da pandemia. A ideia é estimular o mercado a pensar no transporte do futuro, seja nas viagens urbanas, seja no turismo, e dar condições aos clientes continuarem operando”.

LIVE E AÇÃO NA RODOVIÁRIA DE PORTO ALEGRE

Como divulgou o Diário do Transporte, nesta quarta-feira, 29 de julho de 2020, a Marcopolo Next fará uma demonstração dos novos protocolos de biossegurança adotados pela empresa de transporte rodoviário Unesul.

As demonstrações para evitar a contaminação por coronavírus, além de outros vírus e bactérias durante as viagens de ônibus, serão feitas na Rodoviária de Porto Alegre, apoiadora da ação e transmitidas pelas páginas do Facebook e Instagram da Unesul a partir das 14 horas. Relembre: Marcopolo Next e Unesul promovem ação e live sobre como evitar contaminações nas viagens rodoviárias

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. José disse:

    Top… Inovando. Muito bom

Deixe uma resposta