Londres terá faixas exclusivas de ônibus 24 horas em todos os dias da semana

Publicado em: 23 de julho de 2020

Objetivo é melhorar a mobilidade na capital do Reino Unido durante e após a crise do coronavírus, e estimular as pessoas a não utilizarem o automóvel

ALEXANDRE PELEGI

A Transport for London (TfL), organização responsável pelas principais vias de Londres, planeja implantar faixas exclusivas de ônibus 24/7 (24 horas por dia, todos os dias da semana).

O objetivo é melhorar a mobilidade na capital do Reino Unido durante e após a crise do coronavírus.

De acordo com a TfL, a mudança se destina às ruas mais movimentadas da capital, e ajudará na mobilidade urbana quando as medidas de lockdown forem canceladas.

De acordo com as propostas em avaliação, algumas faixas de ônibus terão seus horários de funcionamento prolongados, passando a operar o dia todo, todos os dias.

Segundo a TfL, a medida visa evitar que o retorno da mobilidade na capital pós-pandemia se dê com protagonismo do automóvel, melhorando os tempos de viagem de ônibus e aumentando a segurança, tanto para quem viaja em transporte público quanto para quem se utiliza de bicicleta.

A TfL afirma ainda que o sistema funcionará com a previsão de redução das viagens nos horários de pico.

A organização, administrada pela prefeitura, espera que, com a melhoria dos tempos de viagem, as pessoas deixem seus carros e passem a utilizar os ônibus, que podem transportar 10 vezes a ocupação média de um automóvel, mesmo com as atuais medidas de distanciamento social em vigor.

Como já ocorre atualmente, bicicletas, táxis e motocicletas poderão usar as faixas de ônibus.

Antes de o esquema de faixas exclusivas 24 horas se tornar permanente na capital Londres, ele será avaliado neste verão, que termina em setembro.

O período de avaliação durará no mínimo seis meses, após os quais a TfL colherá críticas e sugestões dos grupos de representantes de passageiros, do setor comercial e dos grupos de acessibilidade e inclusão.

Claire Mann, diretora de operações de ônibus da TfL, afirmou que a avaliação ajudará a TfL a ajustar sua rede e a se adaptar aos desafios de trabalhar com o coronavírus em circulação.

Essa pandemia mudou a maneira como todos vivemos, trabalhamos e viajamos“, disse ela. “Por esse motivo, precisamos adaptar nossa rede, ser flexíveis e continuar a ajudar as pessoas a viajarem com segurança e confiabilidade à medida que Londres se recupera”.

As alterações propostas nas horas operacionais das faixas de ônibus trarão benefícios significativos para os passageiros e as pessoas que andam de bicicleta além do horário atual de operação. Consideraremos cuidadosamente todas as críticas para garantir o maior benefício para o maior número de pessoas, e apoiar a recuperação de Londres pós coronavírus “.

Tim Bellenger, diretor da London TravelWatch, organização que representa os interesses dos usuários de transporte na capital e nos arredores, elogiou a mudança, dizendo que ela reduzirá os tempos de viagem e aumentará a confiabilidade dos ônibus.

Os passageiros dos ônibus receberão com satisfação essa iniciativa de aumentar a velocidade dos ônibus, reduzir os tempos de viagem e melhorar a confiabilidade do serviço“, disse ele.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

*Com informações do site uk.motor1.com

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta