Petrópolis flexibiliza turismo e permite a entrada de ônibus e vans na cidade

Publicado em: 11 de julho de 2020

Ônibus de turismo e fretamento em Petrópolis. Foto: Zé Ricardo Reis

Hotéis e pousadas voltam a funcionar, mas terão que operar com 50% da capacidade

ALEXANDRE PELEGI

Decreto da Prefeitura de Petrópolis, no Rio de Janeiro, publicado na quarta-feira, 08 de julho de 2020, liberou a entrada de ônibus e vans de turismo que tenham como destino os polos de moda da Rua Teresa ou do Bingen ou hotéis, pousadas e congêneres.

O Decreto nº 1.251 dispõe sobre a flexibilização dos controles sanitários, funcionamento de hotéis, pousadas e congêneres e dá outras providências diante da disseminação do coronavírus.

A entrada de vans e ônibus, que estava proibida na cidade, foi liberada, assim como o funcionamento de hotéis, pousadas e congêneres, a partir da quinta-feira, 09 de julho de 2020.

Já quanto à liberação de ingresso de ônibus intermunicipais e interestaduais, a prefeitura informa não ter previsão.

Para garantir a entrada de ônibus e vans, a prefeitura exige, nos pontos de controle sanitário, que os agentes municipais cumpram o seguinte protocolo:

I – solicitar a parada do veículo;

II – aferir a temperatura do condutor do veículo e de todos os passageiros;

III – solicitar do condutor do veículo a apresentação de voucher emitido por estabelecimento dos pólos de moda da Rua Teresa ou do Bingen ou comprovante de hospedagem, conforme o caso;

IV – solicitar que o veículo não ingresse no território municipal e retorne ao local de origem, se:

  1. a) o condutor ou um dos passageiros apresentar temperatura superior a 37,8º;
  2. b) o condutor não apresentar voucher emitido por estabelecimento dos pólos de moda da Rua Teresa ou do Bingen;
  3. c) todos os passageiros não apresentarem comprovante de hospedagem.

Já hotéis e pousadas terão que operar com 50% da capacidade e seguir regras para evitar a disseminação do coronavírus.



Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta