Manaus volta a operar faixa exclusiva para ônibus na Constantino Nery nesta segunda-feira, 6

Publicado em: 6 de julho de 2020

Foto: prefeitura de Manaus

Faixa estava liberada para todos os veículos durante a construção do complexo viário Ministro Roberto Campos

ALEXANDRE PELEGI

A partir desta segunda-feira, 6 de julho de 2020, a faixa exclusiva de ônibus (faixa azul) na avenida Constantino Nery volta a vigorar.

A exclusividade de tráfego para transporte coletivo à esquerda da avenida prioriza as viagens dos coletivos e garante mais agilidade e conforto para milhares de usuários do sistema.

A Prefeitura de Manaus comunicou que terá agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) no local para fiscalizar os motoristas.

O diretor de Operações de Fiscalização do IMMU, Stanley Ventilari, destacou que a faixa exclusiva estava liberada para todos os veículos durante a construção do complexo viário Ministro Roberto Campos. “Com a entrega da obra feita pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, os veículos não autorizados agora terão que ficar nas faixas da direita, ficando à esquerda exclusiva para ônibus e veículos autorizados. Durante a semana passada, fizemos intenso trabalho de conscientização e orientação aos motoristas para o retorno da faixa”, explicou Stanley Ventilari.

Na faixa à esquerda da Constantino Nery podem circular os seguintes veículos, devidamente identificados: transporte coletivo urbano, transporte público individual (táxi), transporte especial (fretamento), transporte escolar, transporte de tropa e equipamentos bélicos das forças armadas, veículos de remoção de veículos (guincho) em efetivo serviço de remoção.

As regras estão publicadas na Portaria 033, de 15 de fevereiro de 2016, da Prefeitura de Manaus.

A faixa é exclusiva para os veículos autorizados no período de segunda a sexta-feira, das 4h às 22h. No sábado, a exclusividade vigora das 4h ao meio-dia. Aos domingos e feriados, a circulação na faixa azul é livre para todos os veículos.

Veículo não autorizado que circular em Faixa Exclusiva de transporte coletivo comete infração gravíssima, com sete pontos na Carteira de Habilitação e multa no valor de R$ 293,47.

A restrição na faixa ocorre, por enquanto, para a avenida Constantino Nery. A faixa da avenida Torquato Tapajós permanece liberada em virtude da obra do complexo viário no acesso do conjunto Manoa, zona Norte, que está sendo executada pela Prefeitura de Manaus.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta