Vendas de ônibus novos acumulam queda de 36,5% no primeiro semestre de 2020

Publicado em: 2 de julho de 2020

Mercedes-Benz segue líder de mercado no acumulado do ano. Foto: Prefeitura de Santo André.

Informações foram divulgadas pela Fenabrave nesta quinta-feira, 02

JESSICA MARQUES

As vendas de ônibus novos acumularam uma queda de 36,5% no primeiro semestre deste ano. As informações foram divulgadas pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) nesta quinta-feira, 02 de julho de 2020.

De acordo com o balanço, foram comercializadas 7.875 unidades de janeiro a junho deste ano. Por sua vez, foram 12.402 novos ônibus vendidos no mesmo período de 2019.

Além disso, apenas em junho deste ano foram vendidos 1.299 chassis, em comparação a 1.971 no mesmo mês do ano passado. A queda foi de 34,1%, também segundo a Fenabrave.

Apesar do número mais baixo, junho apresentou mais vendas do que maio, neste ano de 2020. Os 1.299 ônibus vendidos no sexto mês do ano representam um aumento de 58% frente às 822 unidades do mês anterior.

Os resultados negativos refletem a crise gerada no setor pela pandemia de Covid-19. Em março, os primeiros reflexos começaram a ser sentidos pelas fabricantes.

Até o momento, abril foi o mês com o menor número de emplacamentos, registrando apenas 460 veículos. O período foi quando as montadoras suspenderam as atividades para evitar a proliferação do novo coronavírus.

MARCAS

A Mercedes-Benz segue líder no ranking de marcas, tanto no acumulado do ano quanto considerando apenas o mês de maio.

Confira o ranking de participação de mercado divulgado pela Fenabrave nesta quinta-feira, com relação ao acumulado do ano:

acumulado

Confira o ranking com relação a junho:

junho

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta