Novos ônibus começam a operar em Franca (SP)

Publicado em: 1 de julho de 2020

Ônibus possuem chassi Mercedes-Benz OF-1721 e carroceria Mascarello, modelo GranVia. Foto: Divulgação.

Ao todo, dez veículos foram adquiridos pela empresa São José e já foram entregues

JESSICA MARQUES

A empresa São José, concessionária do transporte coletivo urbano em Franca, no interior de São Paulo, entregou dez novos ônibus para operação na cidade. Os veículos zero-quilômetro foram adquiridos no final de 2019, mas começaram a circular nesta semana, por conta da pandemia de Covid-19.

Os dez ônibus possuem chassi Mercedes-Benz OF-1721 e carroceria Mascarello, modelo GranVia. Os novos veículos foram financiados por meio de uma linha de crédito do Banco Mercedes-Benz, segundo a empresa.

Os ônibus têm capacidade para 76 passageiros (41 sentados e 35 em pé). O investimento total da transportadora foi de cerca de R$ 4,3 milhões. Dois dos dez ônibus novos já circulam pelas ruas e avenidas da Região Norte de Franca e os demais estarão nas ruas a partir da próxima semana, de acordo com a empresa.

As linhas que receberão os novos veículos são: 106 – City Petrópolis via Cambui, com média de 1.159 passageiros/dia, a 105 – Paineiras via Horto, com média de 950 usuários, a 104 – Vera Cruz via Luiza (1.236 usuários), a 109 – Publicano via Júlio Delia (766), a 113 – Aeroporto 3 (1.429), a 115 – Elimar via Unifran (334), a 116 – Jardim Noêmia (543), a 123 – Vila Hípica (852), a 122 – Panorama (700) e a 112 – Jardim Zelinda (949).

Entre as novidades dos veículos está o sistema de iluminação interna, todo em LED. Os ônibus também possuem dispositivo de emergência em todas as janelas, poltronas em almofadas com design moderno, piso todo em alumínio com detalhes anti-derrapantes para dar mais segurança, cintas móveis de apoio nos balaústres.

FROTA DURANTE PANDEMIA

Além disso, a empresa informou que, em média, neste cenário de pandemia, serão atendidos cerca de 8.018 passageiros pelos novos ônibus. Antes deste cenário, nessas linhas, havia uma média superior a 30 mil usuários.

“A São José tem um compromisso muito forte com a comunidade de Franca e tem feito uma série de investimentos. Os novos veículos foram financiados no final do ano passado e, devido à crise do coronavírus, a entrega só está sendo possível ser feita agora. Como somos um concessionário do Poder Público e temos de prestar serviços com qualidade, precisamos investir na renovação da frota, continuar pagando os nossos colaboradores e fornecedores”, afirmou Paulo Barddal, diretor de Comunicação da São José, em nota.

Barddal informou também que, mesmo na época de pandemia, com a manutenção da frota em cerca de 47% e com perda de demanda de até 80% no número de passageiros pagantes, a concessionária vem conseguindo manter o serviço conforme as determinações da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Franca (Emdef), o órgão gestor do transporte.

“É importante que a comunidade saiba que a São José, assim como centenas de operadoras pelo País, tem de honrar seus compromissos. Em Franca, a transportadora solicitou auxílio à Prefeitura pois como em qualquer outra cidade, fazemos parte dos serviços essenciais e, sem receita e sem a ajuda necessária, como fizeram cidades como São Paulo, Campinas, Indaiatuba, entre muitas outras, fica bastante complicado manter a operação”, disse Barddal.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Ana Maria Cunha disse:

    Ano de eleição, de pandemia, desemprego, passagens de ônibus urbanos mais caras do Brasil, será que era mesmo hora de frota nova? Vai levar quem, pra onde, e a que preço? Acordar Franca.

  2. Odessio Donizete disse:

    A empresa tinha que comprar micro onibus pra faser as linhas com pouco passageiro..com custos e gastos mais baratos. E com economia em combustivel……Fica a Dica…

  3. Kelly Cristina neves.apelido Kelly Stefany disse:

    Concordo plenamente

  4. Delcídio disse:

    E a higienização será que tem?

Deixe uma resposta