Volkswagen entrega 146 ônibus escolares em Porto Velho

Publicado em: 30 de junho de 2020

Ônibus do mesmo modelo fornecido para Porto Velho em pista de teste da planta de Resende

Veículos fazem parte de licitação nacional de 3,6 mil unidades vencida pela marca

ADAMO BAZANI

A Volkswagen Caminhões e Ônibus informou na manhã desta terça-feira, 30 de junho de 2020, a entrega realizada para a prefeitura de Porto Velho de 146 novos ônibus por meio do programa Caminho da Escola.

Todas as unidades são do modelo Volksbus 15.190 ODR ORE3 (Ônibus Rural Escolar), com capacidade para atender a 59 alunos cada.

Segundo a fabricante, os ônibus vão transportar 5,3 mil estudantes, de quarenta escolas diferentes, todas em rotas rurais e de difícil acesso.

A entrega foi feita pela revendedora VW Buriti Caminhões e Ônibus.

A Volkswagen, por meio de licitação do Ministério da Educação, foi habilitada para fornecer até 3,6 mil unidades para fornecimento pelo programa a prefeituras e Estados brasileiros.

Este total é formado por 1,6 mil unidades do Volksbus  15.190 ODR ORE3, a VW Caminhões e Ônibus conquistou a licitação para venda de mais 1,6 mil unidades do Volksbus 8.160 ODR ORE1  e outras 400 unidades do Volksbus 8.160 OD ONUREA Piso Alto (Ônibus Urbano Escolar Acessível, que transporta 30 alunos).

Os veículos podem ser encomendados pelas administrações locais até novembro.

Os chassis são produzidos no centro de desenvolvimento e manufatura da VW Caminhões e Ônibus em Resende (RJ), que retomou suas operações parcialmente em 27 de abril por causa da pandemia da Covid-19.

As carrocerias são variadas, de acordo com os modelos de chassis e a escolha se deu por meio de licitação.

– Volksbus 8.160 ODR: carroceria Neobus TH Way, tração 4×2, com acessibilidade por meio DPM (Dispositivo de Poltrona Móvel) e capacidade para transportar 29 passageiros.

 – Volksbus 15.190 ODR ORE3: carroceria Marcopolo Sênior Escolar, com acessibilidade por meio DPM (Dispositivo de Poltrona Móvel) e capacidade para transportar 59 passageiros.

– Volksbus 8.160 OD ONUREA Piso Alto (Ônibus Urbano Escolar Acessível): carroceria Neobus TH Way, ar-condicionado, aquecimento, tração 4×2, acessibilidade via DPM (Dispositivo de Poltrona Móvel) e capacidade para transportar 30 alunos.

Em nota, o presidente da VW Caminhões e Ônibus, Roberto Cortes, destacou que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus e com as aulas suspensas, as administrações locais têm se interessado pelos veículos colocados à disposição pelo programa.

“Embora as aulas presenciais não estejam ocorrendo, a prefeitura manteve os investimentos nas aquisições e seguimos fazendo as entregas com sucesso. Continuamos recebendo as adesões ao programa e os contratos assinados que firmam o pedido de compra e nos autorizam a entrega dos ônibus. E com a retomada da nossa fábrica, estamos prontos para essa demanda”, diz, em nota.

CONFIGURAÇÕES

O Caminho da Escola conta atualmente com as seguintes configurações de veículos:

Ônibus Rural Escolar – ORE ZERO (4X4): micro-ônibus com tração nos 04 (quatro) rodados (eixo traseiro e eixo dianteiro), com comprimento total máximo de 6.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 800 kg, com capacidade mínima de 13 (treze) estudantes sentados, mais auxiliar e condutor, e deve ser equipado com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permita realizar o deslocamento de uma, ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

Ônibus Rural Escolar – ORE 1: ônibus com comprimento total máximo de 7.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 1.500 kg, com capacidade mínima de 29 (vinte e nove) estudantes sentados, mais o condutor, e deve ser equipado com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permita realizar o deslocamento de uma, ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

Ônibus Rural Escolar – ORE 1 (4×4): ônibus com tração nos 04 (quatro) rodados (eixo traseiro e eixo dianteiro), com comprimento total máximo de 7.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 1.500 kg, com capacidade mínima de 29 (vinte e nove) estudantes sentados, mais o condutor, e deve ser equipado com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permita realizar o deslocamento de uma, ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

Ônibus Rural Escolar – ORE 2: ônibus com comprimento total máximo de 9.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 3.000 kg, com capacidade mínima de 44 (quarenta e quatro) estudantes sentados, mais o condutor, e deve ser equipado com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permita realizar o deslocamento de uma, ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

Ônibus Rural Escolar – ORE 3: ônibus com comprimento total máximo de 11.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 4.000 kg, com capacidade mínima de 59 (cinquenta e nove) estudantes sentados, mais o condutor, e deve ser equipado com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permita realizar o deslocamento de uma, ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

Ônibus Urbano Escolar Acessível Piso Alto – ONUREA PISO ALTO: ônibus com comprimento total máximo de 7.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 1.500 kg, com capacidade mínima de 29 (vinte e nove) estudantes sentados, mais o motorista, e deve ser equipado com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permita realizar o deslocamento de uma, ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

Ônibus Urbano Escolar Acessível Piso Baixo – ONUREA PISO BAIXO: ônibus com comprimento total máximo de 7.000 mm, capacidade de carga útil líquida de no mínimo 1.500 kg, com capacidade mínima de 21 (vinte e um) estudantes sentados, mais o motorista, (observado as disposições de configuração dos boxes para cadeirante previstas no item 3.1.9.) e deve ser equipado com dispositivo do tipo rampa de acesso veicular que permita ao estudante com deficiência ou com mobilidade reduzida o acesso ao interior do veículo por meio de plano inclinado.

AQUISIÇÃO

Os estados, Distrito Federal e municípios poderão adquirir os veículos por meio de atas de compras disponíveis no Sistema de Gerenciamento de Atas de Registro de Preços (Sigarp) do FNDE, autarquia vinculada ao MEC que gerencia o programa.

Com o modelo de compra compartilhada a economia na compra dos veículos pode chegar a quase 40% do valor de mercado, também de acordo com o ministério.

Os veículos podem ser adquiridos pelos entes federativos de três formas: assistência financeira do FNDE, recursos próprios e por linha de crédito a ser disponibilizada por agente financeiro.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta