Praxio conta história de sucesso do Grupo Santa Zita

Publicado em: 19 de junho de 2020

“A necessidade de encontrar um software que já estivesse pronto para nossa operação do transporte coletivo acabou por nos colocar frente à frente com a Praxio” – Fernando Pelicioni, Gestor de  TI no Grupo.

Neste bate papo com o Fernando Pelicioni, Gestor de Tecnologia e Inovação do Grupo Santa Zita, falamos sobre a trajetória percorrida pelo grupo até chegar ao ERP Praxio em 2018.

Aqui, você vai descobrir como as empresas Coletur Coletivos, Santa Zita Transportes e Nova Transportes transformaram a sua operação economizando custos e ampliando a gestão por indicadores após a migração de um sistema generalista (que precisava de complementos desenvolvidos internamente) para o ERP Praxio, especialista no setor do transporte.

Sobre o Grupo Santa Zita:

Promover o deslocamento de pessoas com segurança, qualidade e respeito, visando um serviço eficiente aos clientes e contribuindo para o desenvolvimento da região metropolitana da grande vitória é o DNA do Grupo Santa Zita, formado pelas empresas Coletur Coletivos, Santa Zita Transportes e Nova Transportes.

A empresa, referência no setor do transporte coletivo na região de atuação desde 1991, iniciou o ano de 2020 totalmente focada em novas tecnologias e projetos de inovação para melhor gestão de todos seus processos.

Acompanhe agora entrevista realizada com Fernando Pelicioni, Gestor de  TI no Grupo.

Desafios

Quais eram as dificuldades que o Grupo Santa Zita encontrava antes de conhecer o ERP Praxio?

Para responder, vou precisar contar nossa trajetória com a tecnologia até aqui. O Grupo começou em 1991, através da união de diversas empresas localizadas em cidades diferentes de Minas Gerais e Espírito Santo. Os processos de controle dessas empresas eram manuais e precisávamos de um sistema que, apesar das particularidades, fosse único para todas as operações.

Nossa primeira experiência com o uso de um sistema local durou até 2009, quando identificamos a necessidade de um sistema mais robusto, com mais recursos de controle e capaz de integrar todas as áreas de todas empresas do grupo.

A escolha do software, naquela ocasião, aconteceu por influência de um dos nossos profissionais que já tinha tido experiência na área contábil com a tecnologia [em outra empresa]. Infelizmente, apesar de atender muito bem as áreas administrativas (financeira, contábil, fiscal), nosso investimento, na época, não conseguiu nos atender nos setores do negócio (arrecadação, tráfego, manutenção).

O começo do Fim…o desenvolvimento de um sistema próprio para a operação

Na realidade, ficamos com aquele software funcionando apenas na parte do backoffice, mas a parte fundamental do nosso negócio que é a operação, ficou descoberta.

Para evitar a necessidade de uma nova contratação, novos custos, novos treinamentos, decidimos então deixar o sistema rodando apenas nas áreas administrativas e iniciamos o desenvolvimento de um sistema próprio que fosse capaz de integrar as informações operacionais com o backoffice do ERP. Foi o começo do fim.

Iniciamos com a implantação na área de manutenção da frota, depois arrecadação, seguido pela área de escala, além de recursos de RH.  Se por um lado, tínhamos um sistema que atendia nossa operação, ainda que em parte, por outro lado, a manutenção desse sistema próprio foi se tornando algo insustentável para nossa área de TI, já que a todo momento alguém pedia uma funcionalidade nova.

Nossa rotina de TI passou a ser quase que exclusivamente para deixar o software funcionando e integrado aquele ERP. E havia uma insatisfação generalizada com a situação, pois nunca o sistema estava pronto. Os recursos eram insuficientes.

Foi nesse momento, que percebemos que, ou a gente contratava mais desenvolvedores para dar manutenção e criar novos recursos no nosso software próprio, ou buscávamos no mercado um sistema que já entendesse da nossa operação de forma nativa.

Em 2018 encontramos a Praxio.

A solução

Como conheceram a Praxio?

A necessidade de encontrar um software que já estivesse pronto para nossa operação do transporte coletivo acabou por nos colocar frente à frente com a Praxio. Considerando a experiência que já tínhamos com ERPs generalistas (não focados no setor), entendemos que o ERP da Praxio era a única opção no mercado que nos atenderia de forma plena. Sabíamos da representatividade da Praxio no mercado de passageiros urbano e sua especialização no Setor.

Iniciamos as negociações e em 6 meses já estávamos com o software implantado em toda a empresa: Do backoffice até a operação, passando pela manutenção como o setor de compras, estoque, combustível. 

Resultados

O principal ganho foi um sistema que atende de forma integrada as demandas do setor de transporte coletivo.

Com a Praxio, a gente deixou de lado os problemas de desenvolvimento e atualização do software para dar mais atenção a gestão do negócio propriamente dito. Esse, sem dúvida, foi um dos maiores ganhos que tivemos na operação. Mudou o foco de todo nosso trabalho na TI.

A parceria com a Praxio também nos possibilitou começar a trabalhar em nuvem desde o início. Economizamos muito tempo com esse novo processo, além da diminuição de custos com a infraestrutura, recursos de mão de obra.

Hoje, com todas empresas do Grupo trabalhando de forma integrada e na nuvem, conseguimos ter mais tempo para trabalhar os dados da empresa. De acordo com toda a estratégia traçada pelo Conselho, ampliamos o BI para todas as áreas da empresa.

Nossa alta gestão tem acesso a todos os números – num grande painel de indicadores –  e nos reunimos mensalmente com os demais gestores para discutir resultados e novas ações de melhorias. A mudança para a Praxio possibilitou ter toda a gestão da operação à vista e antecipar possíveis problemas, corrigindo o rumo durante o caminho.

Quais os próximos passos?

A gente conta com a Praxio para entender e desenvolver as novas tecnologias que estão por aí e que geram impacto imediato no nosso negócio.

A parceria com a Praxio permite nosso acesso a soluções além do ERP. Estamos sempre em busca de inovações que melhorem nossos processos de forma a atender cada vez mais as demandas do nosso passageiro. E a Praxio tem tudo isso.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta