Paralisação parcial do transporte em Sapucaia do Sul (RS) deve durar até quarta-feira (17)

Publicado em: 16 de junho de 2020

Apenas parte da frota está em operação na cidade. Foto: Douglas Storgatto/Ônibus Brasil.

Até o momento, não há uma data para o fim da greve, mas uma reunião já marcada pode encerrar a paralisação

WILLIAN MOREIRA

A greve parcial que afeta o transporte público na cidade de Sapucaia do Sul, no Estado do Rio Grande do Sul, pode ser encerrada na quarta-feira, 17 de junho de 2020, caso a reunião conciliatória chegue a um acordo entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de São Leopoldo (SindiSL) e a Real Rodovias.

Parte dos ônibus não estão circulando como medida de protesto pela categoria que reivindica o pagamento de salários e férias em atraso pela empresa.

Desde a madrugada da segunda-feira, 16 de junho parte da frota fica na garagem, mas o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou que no horário de pico da manhã e da tarde, metade da frota esteja em circulação e 15% no restante do tempo, para que os usuários não fiquem sem transporte.

Se a reunião de quarta-feira (17) não obter êxito no impasse, a paralisação tende a ser estendida por mais dias.

O Diário do Transporte procurou a Real Rodovias para ouvir o posicionamento da empresa, entretanto não houve êxito nas tentativas de contato por telefone.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta