Começa nesta terça (09) leilão de ônibus e imóveis da Viação Itapemirim

Famoso modelo “Tribus” também está no leilão

Como mostrou o Diário do Transporte, são 20 veículos, além de pátios, galões e escritórios

ADAMO BAZANI

Tem início às 14h desta terça-feira, 09 de junho de 2020, o leilão de bens da Viação Itapemirim no âmbito da recuperação judicial da empresa, que se prolonga desde 2016, sendo marcado por desentendimentos entre sócios e ex-proprietários.

O processo vai durar aproximadamente dois meses e a primeira fase contempla veículos que não estão mais em operação e foram divididos em 21 lotes para lances destinados a todos os ônibus de uma só vez ou individuais por ônibus se for de preferência.

O lote 01 contempla os 20 veículos que, juntos, foram avaliados em R$ 475 mil.

Grande parte destes ônibus foi feita na década dos anos 1990 e alguns revelam até parte da história da empresa.

Em nota ao Diário do Transporte, a leiloeira oficial responsável pela ação, Thais Moreira, diz que muitos veículos são interessantes até mesmo para colecionadores de veículos históricos.

“São ativos interessantes para diversas outras empresas e até mesmo colecionadores, mas que para a Itapemirim, estavam parados e sem uso. O leilão arrecadará recursos financeiros que poderão ser investidos no crescimento da empresa.”

Além disso, sem data marcada, devem ir a leilão imóveis da empresa, ainda no âmbito da recuperação judicial.

Os imóveis estão localizados em Juiz de Fora (MG), Fortaleza (CE), Viana (ES), Guarapari (ES), Cariacica (ES), Cachoeiro do Itapemirim (ES), Recife (PE), Ipatinga (MG), Caruaru(PE), Campos dos Goytacazes (RJ).

A empresa de leilão é a TM e os lances podem ser dados pelo site: https://www.tmleiloes.com.br/

Ainda de acordo com a leiloeira, em nota, os preços estão muito atrativos e o melhor é que os bens, ao serem arrematados, ficarão livres de quaisquer ônus anteriores. “É importante salientar que há decisão judicial na qual tanto os imóveis como os ônibus leiloados são liberados de quaisquer possíveis ônus anteriores, o que é um atrativo ainda maior para a pessoa que adquirir”

Como mostrou o Diário do Transporte, na decisão judicial que permitiu que a empresa use 80% dos valores arrecadados até agora em leilões de forma emergencial para as operações diante da crise da Covid-19, o desembargador Azuma Nishi, da 1ª Câmara Reservada de Direito Empresarial, do Tribunal de Justiça de São Paulo, negou agravo de instrumento movido por Andrea Correa Cola (da família fundadora da empresa) que tentava reverter o uso dos 80% para custeio e impedir novos leilões.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/05/13/tj-nega-recurso-de-andrea-cola-e-mantem-uso-de-dinheiro-de-dividas-para-operacoes-da-itapemirim-kaissara/

Adam Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Emílio Martins disse:

    O correto é arrecadar e dar prioridade às causas trabalhistas, os novos investidores, cheios de dívidas ficam divulgando que montarão uma empresa aérea, tudo mentira.

  2. Denigris Pereira disse:

    Se a justiça tivesse agido rápido esses ônibus teriam participado do leilão anos atrás , agora estão sendo vendidos em um estado de conservação muito ruim para os interessados , teriam que gastar muito para reformar . Acredito que agora infelizmente maior parte vão virar sucata .Tomara que colecionadores comprem .
    No geral a demora foi lamentável !!!

  3. Luis Carlos disse:

    Infelizmente vivemos em um país totalmente de. Lei para o trabalhando
    Estamos 3 meses sem pagamento
    Ticket alimentação
    Plano de saúde
    Estão leiloando essas sucatas
    Só que isso infelizmente não paga o que nós devem invez da imprensa ficar puxando saco do Piva por causa das suas mentiras e devaneios
    Vai lá na garagem
    Grava uma reportagem lá
    Nesse momento
    Justiça no Brasil tem um sinônimo
    Propina
    Bando de safados

  4. Lucas disse:

    Lembro da garagem da Itapemirim aqui em caruaru aínda em operação era um entra e sai de ônibus, agora é só um prédio falido abandonado triste .

  5. Sebastiao disse:

    Bando de safado leiloando os bens da empresa e colocando no bolso,não pagam os funcionários tres meses sem salário, sem tiket é quando pagam,pagam 500 reais,imprensa puxando saco Do Piva que só faz promessa é não cumpre nenhuma.vai delapidar a empresa e falir deixando funcionários e credores no prejuízo.

  6. Victor disse:

    Leilão para colocar dinheiro no bolso é Ninguem recebe nada,funcionários 3 meses sem receber ,salário ,ticket quando recebe é 500 reais. Já foi leiloado vários imóveis e ninguém recebeu ,estão delapidando a empresa quando fechar funcionário vai ficar chupando dedo,Tudo golpe da atual gestão e a anterior estão juntos para eliminar a viacao Itapemirim é começar com amarelinha sem dividas.Dando calote nos funcionarios é nos credores só cego não vê isso.

  7. Rogerio Belda disse:

    Admirável mundo “troncho”: Usualmente os ônibus das grandes cidades são vendidos para cidades menores e, no final de sua vida útil servem, ainda, para transportar trabalhadores agrícolas

  8. Roney Marcos Teixeira Nogueira disse:

    Tem que pagar as dívidas trabalhistas de motoristas que passaram anos da vida dando a vida pela empresa, noites acordadas em horários atrasados arriscando a vida, operador de garagem que passava a noite abastecendo ônibus.

  9. Josécicero dos santos disse:

    eu José cicero dos santos sou motorista de carreta fico triste pensando por quê às empresas tão grande estão fechando às portas e anova geração foi são Geraldo a gora Itapemirim meu deus meu pai fosse vivo como ia sofrer mais a ganância do homem não pensas nos pais de família pegando chuvas neblinas sol com muitas vidas nas mão vacilou mata todos mundo no final de anos chega anoticia não pagamento sai hoje ou a manhã quando voçe vai sacar 500 reais é brasil meu está morto .ele tinha orgulho Itapemirim a deus meu pai

  10. Vladimir chaves disse:

    Vai dar o cano hein todo mundo….. Brasil sem lei

  11. Murilo disse:

    Esse teatro que foi montado em 2016 para postergar a falência e minar ai da mais a empresa é idealização da família Cola para dar os canos nos trabalhadores e credores

  12. Hamilton almeida disse:

    Boa noite essa impresa não vai pagar os direitos trabalhista a ninguém não porque ele está falida os governos são todos farinha do mesmo saco abrir o mão dessas cooperativas e quebrou as impressas de ônibus todas isso e muito vergonhoso né pra um país sem lei né agora o pobre e quem vai pagar a conta né

  13. Jorge de Moura viana disse:

    BOM DIA. A GENTE VÊ PELO YOUTUBE ESSES MODELOS TRIBUS 30087 PATRIMÔNIO DAS ESTRADAS JOGADOS EM CEMITÉRIO DE ÔNIBUS. É MUITO TRISTE POR QUE NÃO FAZEM UMA RIFA É SORTEIO ENTRE PESSOAS QUE COMPRAM OS NÚMEROS

Deixe uma resposta