Lei garante gratuidade para profissionais de saúde no Distrito Federal

Gratuidade vale para todo o sistema

Ibaneis chegou a vetar projeto, mas Câmara Legislativa vetou projeto

ADAMO BAZANI

A CLDF – Câmara Legislativa do Distrito Federal promulgou a lei nº 6.592 que garante gratuidade no transporte coletivo para profissionais da área de saúde de todo o DF na vigência de estado de calamidade pública.

De acordo com a lei, os profissionais da saúde devem apresentar o crachá de trabalho para identificação e acesso ao transporte público.

O benefício vale para o BRT – Bus Rapid Transit, ônibus comuns e metrô.

O governador Ibaneis Rocha chegou a vetar o projeto do deputado distrital Reginaldo Veras, mas a Câmara Legislativa do Distrito Federal derrubou o veto.

Veja na íntegra:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Luís Marcello Gallo disse:

    “ Ibaneis chegou a vetar projeto, mas Câmara Legislativa vetou projeto.” Como assim?

Deixe uma resposta