Secretário de Transportes de São Paulo e presidente da ANTP discutem mobilidade na flexibilização da quarentena

Publicado em: 2 de junho de 2020

Como serão os serviços de ônibus na capital paulista com o aumento das atividades e como será o transporte público no pós-pandemia?

ADAMO BAZANI

A cidade de São Paulo já foi classificada na fase laranja do relaxamento da quarentena por causa do novo coronavírus e a expectativa é, com a definição dos protocolos de higiene e segurança com os setores empresariais, da abertura dos serviços permitidos nesta faixa: shoppings centers (com proibição de abertura das praças de alimentação), comércio de rua e serviços em geral podem funcionar com capacidade limitada a 20%, horário reduzido para quatro horas seguidas.

A movimentação maior vai causar impactos nos serviços de transportes.

Nesta terça-feira, 02 de junho de 2020, às 18h30, o secretário municipal de mobilidade e transportes da capital paulista, Edson Caram, vai conversar com os portais de mobilidade Diário do Transporte, Diário dos Trilhos e Via Trólebus sobre a dinâmica dos ônibus, trânsito e bicicletas no momento da pandemia, da reabertura gradual e o que esperar dos transportes depois da pandemia. Será a mesma coisa? Aliás, poderá ser a mesma coisa?

Participa também da conversa o presidente da ANTP – Associação Nacional dos Transportes Públicos, Ailton Brasiliense Pires, que acompanha as experiências no Brasil e no Mundo e pode trazer exemplos e conceitos de como a mobilidade tem se ajustado à atual realidade e o que esperar do transporte e sua imagem.

Quando:

Terça-feira, 02 de junho de 2020, às 18h30

Onde assistir ao vivo e participar:

-Site Diário do Transporte: www.diariodotransporte.com.br

-Youtube do Via Trólebus: http://www.youtube.com/viatrolebusoficial

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta