Guarulhos vai ter horários alternativos de comércio e serviços para não sobrecarregar transporte coletivo em reabertura

Publicado em: 1 de junho de 2020

Ônibus em Guarulhos. Lotação no transporte público pode aumentar possibilidade de contágio.

Anúncio foi feito em transmissão pelo prefeito Gustavo Guti. Idosos não poderão entrar em serviços não essenciais

ADAMO BAZANI

Para não superlotar o transporte coletivo, seja municipal ou metropolitano, a cidade de Guarulhos vai escalonar os horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços que voltarão a funcionar com restrições com o relaxamento da quarentena.

A informação é do prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (Gustavo Guti), em transmissão pela internet no início da noite desta segunda-feira, 01º de junho de 2020.

O decreto com as regras de abertura gradual vai ser finalizado nessa terça-feira, 02, mas Guti adiantou que os estabelecimentos comerciais vão funcionar das 10h às 16h e os de serviço das 9h às 15h.

“Para que o comércio não utilize o mesmo horário do rush, horário de pico, principalmente no transporte público, nós teremos um horário diferenciado. Então, o comércio, no nosso decreto aqui, está pensado, está planejado para funcionar neste primeiro momento, até quando a gente conseguir trabalhar dessa forma, vai abrir das 10h até às 16h. Depois que acabar essa pandemia, volta tudo ao normal, mas neste primeiro momento, é melhor trabalhar mais restrito  e fugir do horário de pico, principalmente no transporte público e trânsito. Os serviços vão funcionar das 9h às 15h. Tudo que não é essencial. O que é essencial já está funcionando e vai continuar no horário normal.” – explicou.

Guti falou ainda que nos serviços não essenciais que devem ser reabertos com restrições não será permitida a entrada de idosos, que são considerados grupo de risco à Covid-19.

“Nessas atividades não essenciais, pessoas acima de 60 anos não poderão usufruir desses comércios, desses serviços. Não poderão entrar nesses estabelecimentos por enquanto. É para preservar a vida de todo mundo, principalmente das pessoas que estão mais expostas.” – complementou Guti ao afirmar que o acesso dos idosos aos serviços essenciais que já estão abertos continua liberando.

Guarulhos está pensando em abrir bem no momento que os números de Saúde ainda são preocupantes.

A taxa de ocupação de leitos de UTI da cidade voltou a subir, passando de 84,9% no sábado (30) para 100% nesta segunda-feira, além de cinco leitos extras que também estão ocupados, enquanto que a taxa dos leitos de enfermaria baixou de 85,4% para 75,2%, segundo nota da prefeitura.

“Nesta semana a Prefeitura de Guarulhos começará a utilizar leitos de UTI locados da rede privada para garantir a assistência adequada aos pacientes conforme a necessidade.” – diz a nota.

Nesta segunda-feira, 1º de junho de 2020, Guarulhos contabilizou 3.056 casos confirmados de Covid-19, além de 293 mortes ocasionadas pela doença. Outras 107 seguem em investigação. “Os dados são do Boletim Epidemiológico atualizado diariamente pela Secretaria Municipal da Saúde. Das 23 mortes confirmadas, 14 são do sexo feminino, com idades entre 23 e 93 anos, e nove do sexo masculino, com idades entre 52 e 90 anos.”  – informou a nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Marcelo Baltazar Cordeiro disse:

    Passou hoje no SPTV e no jornal Hoje q Guarulhos está com 100% de UTI lotada e como vai reabrir de forma gradual se estamos no limite do limite?…

  2. Marcelo disse:

    Gostaria de saber se as UTIs também irão entrar nesse sistema? Hora com 100% lotação e hora sem leitos mesmo? Ou qual horário será disponível para internação pra covid?

  3. Lucas disse:

    Já está superlotado o transporte público em Guarulhos é porque o prefeito não pega ônibus e deve achar que está tudo bem.

  4. JOSE CARLOS NOGUEIRA disse:

    Tudo safado sem vergonha, desculpem, brincando com o povo, raça de víboras.

  5. Arnon disse:

    Que piada sem graça. Quase não tem ônibus nas linhas da viação Campo dos ouros, hoje mesmo eu peguei o 711, tinha mais de 50 passageiros e isso é todos os dias .

  6. Luiza Monteiro disse:

    Palhaçada, quem vê pensa que são os idosos que estão contaminando as pessoas, a coronavirus não está escolhendo idade, estamos perdendo vidas, vamos respeitar

  7. SUELI PESSOA DE OLIVEIRA disse:

    Infelizmente estamos a um passo de uma calamidade publica. O coronavirus não perdoa ninguém, sabemos que a economia precisa fluir, mas do que adianta uma economia sem pessoas ou sem o arimo da família ( pois esse precisou sair para trabalhar, pegou o onibus junto com pessoas sem a proteçao do distanciamento de 1 metro de distancia ( afinal as empresas de onibus esta disposta a por um onibus em circulaçao para levar 30% da sua ocupação de bancos) contraiu o coronavirus e não tem um leito de UTI para internar ( quando falo em leito de UTI não me refiro a uma cama com um monitor multiparametrico, mas sim a uma equipe de fisioterapeuta e medicos aptos a trabalhar com ressucitaçao alveolarp para perfusao/ventilação, uma equipe de enfermagem com numero de colaboradores e materiais que protejam os pacientes de danos como ulceras de pele profundas com risco gigantesco de infecção, uma equipe nutricional que consiga pelo menos manter o eufrofismo desses pacientes que estarão alto risco de desnutrição e perda de massa e por ultimo medicações como drogas vasoativas, neuroblooqueadores, sedativos, terapia de substituição renal entre outros). Nem os hospitais privados estão conseguindo gerir isso com segurança.

    Caro governantes,
    Aos antecessores, olha o que o egoismo de vcs e o quer tirar vantagem da população fizeram, pois na hora de administrar o dinheiro da saúde se nos ultimos 30 anos fosse de forma coerente pelo número de habitantes, hoje poderiamos estar vivendo outro monento.

    Ao atual, força de o seu melhor, vc não irá conseguir melhorar as coisas, mas procure não piorar seja sábio, governe para o povo e por Guarulhos e não por ideais.

    Aos futuros, use os nossos dias como exemplo e com sabedoria, invista no que realmente é primordial e essencial para a população.

    Estamos juntos #euestounalinhadefrente

  8. Cristina Camargo disse:

    Sr. Prefeito…aguarde mais um.pouco…estamos no pico da doença…
    Pense que nosso sistema de saúde e insuficiente para número habitantes.Deus nos proteja e lhe de sabedoria…..

  9. Patricia disse:

    Prefeitura não tem controle nem do uso obrigatório de máscaras , quem dirá da entrada de idosos em serviços não essenciais. Que piada!

  10. Edvaldo. Carmo disse:

    Esse. Prefeito e. O pior que guarulhos. Já teve sem noção nunca. Fez. Nada agora acha. Que vai. Se. Reeleger. Acorda. Guarulhos

  11. luzinete severina disse:

    Prefeito respeite mais a população de Guarulhos. Que Deus lhe der sabedoria e discernimento

  12. Marta disse:

    Quanto ao transporte público não vai mudar nada. Está superlotado todos os dias. E com menos ônibus nas linhas. A linha 342 não existe hora que esteja vazio

  13. Terezinha de Fatima Mio Correa disse:

    Acho bem complicado reabrir o comercio porque nao ha fiscalizacao em Guarulhos, e bem possivel que aumente muito o numero de infectados pois, no meu bairro (continental 1) tem muita gente nas ruas pracas e sem mascara, o que agrava muito a situacao. Sei que a prefeitura sozinha nao pode acabar com essa pandemia, depende de como as pessoas agem e sinseramente nao estao se cuidando e tomando os devidos cuidados. E preciso fiscalizar se quiser ver Guarulhos em situacao normal, retomar com responsabilidade eu concordo.

  14. Melanias Messias disse:

    Não deu certo. Ônibus de Guarulhos lotados

Deixe uma resposta