SPTrans altera para 23 de junho licitação para projetos de implantação e construção de novo CCO

Publicado em: 28 de maio de 2020

Reformulação do sistema de monitoramento da frota de ônibus é prevista no modelo recentemente implantado e que ainda está em fase de transição.

Data da sessão foi prorrogada e mudou de local para evitar a aglomeração de pessoas

ALEXANDRE PELEGI

A SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do transporte coletivo por ônibus na capital paulista, prorrogou a data da sessão de licitação para selecionar empresas ou consórcios que vão elaborar os projetos de engenharia para concretizar o projeto funcional e para elaboração de projeto básico com o objetivo de construir e implantar um novo centro de operações.

A data, anteriormente marcada para 04 de maio de 2020, passou para as 10 horas do dia 23 de junho próximo, segundo publicação no Diário Oficial do Município desta quinta-feira, 28 de maio de 2020.

A data da sessão foi prorrogada, segundo a gerenciadora, tendo em vista as antecipações de feriados, e dos procedimentos a serem adotados na referida sessão, objetivando evitar a aglomeração de pessoas.

Como primeira medida, o local de realização foi transferido do 5º andar para o mezanino da Rua Boa Vista nº 128, Centro, São Paulo/SP, local onde o espaço para a acomodação dos presentes é maior, permitindo um maior distanciamento entre as pessoas”, informa o anúncio.

Ainda segundo a SPTrans, na sessão do próximo dia 23 de junho, não será realizado qualquer procedimento de julgamento e serão praticados somente os seguintes atos:

1 – Instauração da sessão;

2 – Recebimento dos Envelopes nos 01 – Proposta Técnica;

02 – Propostas Comerciais e 03 – Documentos de Habilitação;

3 – Rubrica dos Envelopes nos 02 e 03 pelos membros da CPL e representantes das licitantes;

4 – Guarda dos envelopes nos 02 e 03 para posterior abertura;

5 – Abertura dos Envelopes nos 01 – Propostas Técnicas e rubrica de seu conteúdo pelos membros da CPL e representantes das licitantes;

6 – Lavratura da Ata da Sessão e assinatura;

7 – Encerramento da sessão.


CCO_sptrans_01


HISTÓRICO

(Adamo Bazani)

A reformulação do sistema de monitoramento da frota de ônibus é prevista no modelo recentemente implantado e que ainda está em fase de transição. Os atuais contratos foram assinados em 06 de setembro de 2019, após uma licitação para a concessão das linhas que se arrastava por seis anos. As empresas de ônibus da cidade continuam as mesmas.

Entretanto, a intenção da SPTrans em melhorar o espaço físico do COP é anterior à definição da licitação.

De acordo com o edital, a concorrência vai envolver os projetos das obras que devem ser concluídos em seis meses após a assinatura do contrato.

Vence quem oferecer o menor preço.

Na justificativa da licitação, a SPTrans diz que pelo alto fluxo de informações e complexidade do sistema de ônibus, é necessário uma nova estrutura.

O sistema de ônibus municipais de São Paulo é formado por um conjunto de quase 1.340 linhas, que registram em média 9,8 milhões de embarques de passageiros nos dias úteis. Com uma frota operacional de referência de aproximadamente 13.600 ônibus que cobrem uma malha viária de 4.350 quilômetros. O planejamento, a gestão, a fiscalização e o controle dos serviços são atribuições da SPTrans, empresa vinculada à SMT – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes. Tendo em vista a grande quantidade de informações e dados a São Paulo Transporte deverá ser capaz de controlar, fiscalizar, medir e realizar intervenções sobre a operação, dar informações aos usuários do transporte, trocar informações com entidades externas, atender à imprensa, gerir crises de todo o Sistema de Transporte. Devido a elevada demanda e fluxo de informações de alta complexidade, a SPTrans contratará empresa especializada para a consolidação do projeto funcional e elaboração do projeto básico para a construção e implantação de um novo Centro de Operações – COP.

Ainda de acordo com o edital, a SPTrans exige que os projetos considerem soluções de engenharia para Sistemas Eletrônicos para Informação ao Passageiro – STI.

O edital pode ser baixado aqui:

lic005_206277016

Veja matéria especial no Complexo Santa Rita:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta