Pela culatra: Isolamento no ABC caiu com feriado antecipado

Publicado em: 23 de maio de 2020

Corredor ABD. Umas das ligações da região com a capital. Descompasso entre gestão Bruno Covas e prefeitos da região pode explicar resultado frustrante. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte)

Na sexta-feira de feriado, índice foi de 47,6% e, na sexta-feira anterior, foi de 48,6%

ADAMO BAZANI

O feriado antecipado no ABC Paulista, que “adiantou” o Corpus Christi (11 de junho) para sexta-feira, 22 de maio de 2020, registrou mais gente se movimentando pela região que na sexta-feira da semana passada, 15 de maio.

O ABC tem sete cidades, mas Rio Grande da Serra não entra no monitoramento dos celulares pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com as operadoras de telefonia móvel por ter população inferior a 70 mil habitantes.

De acordo com o sistema de monitoramento, enquanto que na sexta-feira, 15, o isolamento em seis cidades foi de 48,6% em, no feriado antecipado de sexta-feira, 22, o total de isolamento foi de 47,6%. (Veja relação de todas as cidades no fim da reportagem)

Algumas cidades puxaram para baixo este índice. Em Ribeirão Pires, por exemplo, o isolamento foi de 58% em 15 de maio e, no dia 22, caiu para 49%. Em Diadema, o índice era de 51% na sexta-feira, 15, e caiu para 45% no dia 22.

A maior alta de isolamento foi em Santo André, que registrou 45%, no dia 15, e 49%, no dia 22.

Na comparação com a quinta-feira, 21, houve uma pequena elevação na média geral de isolamento do ABC, de acordo com o sistema de monitoramento, passando de 46,3% para 47,6%.

A região não seguiu a capital paulista, onde o prefeito Bruno Covas antecipou dois feriados, mas sem efeitos significativos para o isolamento.

Na quarta-feira (20), o isolamento na cidade de São Paulo medido pelo sistema de monitoramento de celulares, foi de 51%, Na quarta-feira (13) foi de 48%, semana que vigorava o rodízio ampliado de veículos (par e ímpar)

Já no segundo dia de feriado antecipado, quinta-feira (21), o isolamento foi de 52%. Na quinta-feira anterior (14), ainda com o rodízio ampliado, o isolamento foi de 49%.

Na capital paulista, sexta-feira (22), foi ponto facultativo, quando a cidade registrou 49% de isolamento. Na sexta-feira (15), sem ponto facultativo e com “megarodízio”, o isolamento foi de 48%

Grande parte da população que mora no ABC trabalha na cidade de São Paulo e o descompasso entre a região e a capital pode explicar os resultados frustrantes para a elevação do isolamento em ambas.

Para não colapsar o sistema de Saúde, as autoridades que integram o Comitê de Gerenciamento da Covid-19 consideram como aceitável índices acima de 55% de isolamento e, ideal, de 70%.

Nesta segunda-feira, 25 de maio de 2020, em todo o Estado de São Paulo, será antecipado o feriado de “9 de Julho” (Revolução Constitucionalista de 1932).

Usuários de transporte público devem estar atentos porque haverá redução nos horários de ônibus, trens e metrô.

ABC (Média das seis cidades monitoradas)

– 47,6% em 22.05.2020

– 46,3% em 21.05.2020

– 48,6% em 15.05.2020

Santo André

– 49% em 22.05.2020

– 48% em 21.05.2020

– 45% em 15.05.2020

São Bernardo do Campo

– 48% em 22.05.2020

– 47% em  21.05.2020

– 47% em 15.05.2020

São Caetano do Sul

– 47% em 22.05.2020

– 47% em 21.05.2020

– 46% em 15.05.2020

Diadema

– 47% em 22.05.2020

– 45% em 21.05.2020

– 51% em 15.05.2020

Mauá

– 46% em 22.05.2020

– 43% em 21.05.2020

– 45% em 15.05.2020

Ribeirão Pires

– 49% em 22.05.2020

– 48% em 21.05.2020

– 58% em 15.05.2020

Rio Grande da Serra

Não há medição por ter população inferior a 70 mil habitantes

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta