Osasco não vai aderir aos feriados municipais antecipados

Publicado em: 19 de maio de 2020

Ônibus em Osasco. Horários devem continuar os mesmos. Foto/Arquivo

Cidade só vai seguir o feriado em 25 de maio se houver aprovação da Alesp

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Osasco, na Grande São Paulo, informou nesta terça-feira, 19 de maio de 2020, que não vai antecipar os feriados de Corpus Chirsti e do Dia da Consciência Negra para esta quarta-feira (20) e quinta-feira (21).

Na capital paulista, o prefeito Bruno Covas, após aprovação pela Câmara Municipal, antecipou estes dois feriados para tentar reduzir a movimentação de pessoas e, consequentemente, a velocidade de contágio pela Covid-19, para a qual não há remédio comprovado e nem vacina.

Em redes sociais, o prefeito de Osasco, Rogério Lins disse que apenas vai seguir a antecipação do feriado de “9 de Julho” na segunda-feira, 25 de maio, caso a Assembleia Legislativa aprove projeto de lei do governador João Doria para decretar feriado em todo o Estado.

Lins ainda disse que as pessoas que moram em Osasco e trabalham na capital e estarão de folga, não devem pensar que é um feriado comum, podendo passear. As pessoas devem ficar em casa para evitar a contaminação pela Covid-19

“A prefeitura ampliará as fiscalizações nos bairros. As ações irresponsáveis de aglomeração de hoje trarão prejuízos a muitas vidas no futuro. Caso a cidade de Osasco não atinja os percentuais recomendados de isolamento social, a prefeitura adotará medidas mais restritivas” – advertiu.

Com a decisão, os horários dos transportes coletivos não devem ser alterados nesta semana.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Não há patrulhamento no Jd Piratininga e Canaã, pois todos os finais de semana tem festas, aglomerações de pessoas em rodinhas de funk e todo tipo de socialização. Tendo feriado ou não a aglomerações sim e nada de patrulhamento.

  2. Selma Sato disse:

    Acontece o mesmo no Jaguaribe, não precisa ser fim de semana, apartir de quinta as pessoas começam a se reunir e fazer churrasco.
    Pode até passar alguma viatura, mas depois que ela deixa o local continua como se nada tivesse acontecido.
    A população tem que sofrer primeiro para depois entender o que está acontecendo, se isso não atingir a própria família, caso contrário, ninguém vai deixar de se divertir por causa de um ou de outro estiver na situação da doença.
    É uma lástima viver num país em que representantes não dão o próprio valor da situação, é dirá a população!!!!!

  3. Albanizio Cavalcante Albuquerque disse:

    Sou da área de risco fui retirar fraldas G me informaram sem previsão de quando vai chegar liguei e nada que acontece.

  4. PAULO SÉRGIO disse:

    Há coisas quem nao dar pra entender…quanta confusão…esses políticos nao sei entende .portanto Osasco teria quem acompanhar SP.
    Assim como todas os municípios circunvizinho…

  5. Maria disse:

    No Novo Osasco, 99% do comércio não essencial está aberto, provocando a circulação da população. Muitos comerciantes, pra piorar a situação, mantém os clientes no interior da loja, com metade da porta do estabelecimento aberta. Isso é ainda pior, devido a baixa ventilação.

Deixe uma resposta