Aplicativo reúne informações sobre transporte público da Região Metropolitana de São Paulo

Publicado em: 17 de maio de 2020

Ferramenta utiliza como fonte perfis oficiais de operadoras como SPTrans, Metrô, CPTM e EMTU

JESSICA MARQUES

Em meio às mudanças na mobilidade urbana causadas pela pandemia de Covid-19, o aplicativo Quicko App ganhou uma funcionalidade. Agora, a ferramenta reúne informações sobre transporte público da Região Metropolitana de São Paulo.

A ferramenta, criada pela startup Quicko, utiliza como fonte perfis oficiais de operadoras como SPTrans, Metrô de São Paulo, CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

A nova ferramenta pode ser acessada diretamente no Quicko App, no menu do lado esquerdo. Na Central de Notificações também é possível conferir orientações sobre medidas de segurança para o uso do transporte público e de outros modais em meio à pandemia do novo coronavírus.

Confira:

download

Em nota, a startup também listou dicas para utilizar o transporte coletivo em meio à pandemia. Confira:

QUAIS AS RECOMENDAÇÕES PARA USAR O TRANSPORTE COLETIVO?

Procure viajar nos horários de menor movimento.

• Use máscaras de proteção apenas se apresentar sintomas.

• Tente sentar-se em uma área tranquila e manter uma distância de 2 metros.

• Nos ônibus, procure deixar a janela aberta.

• Evite apertos de mão, abraços e beijos.

• Esteja ciente das superfícies e corrimãos em que tocar e não leve a mão ao rosto (principalmente, olhos, boca e nariz) enquanto estiver viajando ou antes de fazer a higienização das mãos.

• Quando tossir ou espirrar, proteja a boca com a parte interna do antebraço ou com um lenço descartável.

• Para reduzir o risco, lave as mãos ou use álcool em gel 70%  antes e logo depois da viagem.

• Não esqueça de higienizar o seu celular.

• Caso apresente sintomas de gripe ou similar; evite ao máximo meios de transporte fechados.

E AS DICAS PARA USAR MODAIS COMPARTILHADOS?

• Evite pedalar ou andar de patinete em locais com grande concentração de pessoas.

• Nos automóveis, mantenha as janelas abertas e evite contato físico caso com o motorista.

• Quando tossir ou espirrar, proteja a boca com a parte interna do antebraço ou com um lenço descartável.

• Após usar a bicicleta, a patinete ou entrar em táxis e similares, não toque no rosto (principalmente, olhos, boca e nariz) antes de fazer a higienização com água e sabão ou álcool em gel 70%.

• Não esqueça de higienizar o seu celular.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    O que Sampa precisa é de um App, que ensine o poder público a fazer linhas de buzões RETAS, eficientes e eficazes, com base na matemática.

    Trajeto reto, densidade demográfica, demanda, topografia, sistema viário e outros.

    A perfeita combinação matemática de todos estes fatores nos dará linhas INTELIGENTES.

    Deixo esta sugestão para as startups de TI, que tem profissionais que entendem de matemática.

    Esta é a única saída, temos de provar matematicamente para o poder público que a grande maioria das linhas de Sampa seja da fiscalizadora, seja da EMTOSA, são ineficientes.

    Fica ai mais uma sugestão a lá Paulo Gil.

    Temos de provar tecnicamente que eles estão trabalhando de forma errada.

    Quem sabe uma startup que alguma região proponha um piloto para a região onde está instalada ou para uma região que tenha afinidade ou conhecimento.

    Isto sim é um PLANO DE MODERNIZAÇÃO DO BUZÃO.

    O BUZÃO TEM DE SER MATEMÁTICO, o resto é ladainha.

    Fica ai para reflexão de todos, em especial para as statups.

    NADA MUDA NO BARSILei.

    SAÚDE A TODOS!

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzão e Emoção é a Paixão”

  2. Denis Balzana Azevedo disse:

    A orientação inicial de uso de máscaras apenas para pessoas sintomáticas já não foi revista, passando o uso ser recomendado e até obrigatório para todos?

Deixe uma resposta