Rodoviários de Teresina deflagram greve de ônibus para quinta-feira

Publicado em: 11 de maio de 2020

Na cidade, apenas 30% da frota de ônibus está operando. Foto: Divulgação.

Trabalhadores protestam contra demissões sem pagamento de direitos e questões salariais

JESSICA MARQUES

O Sintetro (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários do Piauí) informou nesta segunda-feira, 11 de maio de 2020, que Teresina terá greve de ônibus nesta quinta, 14. A categoria decidiu em assembleia virtual deflagrar a paralisação.

À mídia local, o presidente do Sintetro, Fernando Feijão, afirmou que a paralisação terá início à meia-noite. A greve é motivada por demissões de trabalhadores sem o pagamento de direitos.

Além disso, segundo o sindicato, em maio os motoristas e cobradores de ônibus só receberam 30% do salário. As empresas também estariam devendo o pagamento do plano de saúde e vale-alimentação.

Na cidade, apenas 30% da frota de ônibus está operando. Agora, por conta da greve, os rodoviários afirmam que nenhum veículo vai deixar as garagens.

Por sua vez, o Setut (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos) informou que ainda não foi notificado sobre a paralisação.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta