Fique ligado: Andar de ônibus SPTrans e EMTU e de CPTM e Metrô só com máscara a partir desta segunda-feira, 04

Publicado em: 3 de maio de 2020

Ônibus do sistema metropolitano de São Paulo

Algumas cidades da Grande São Paulo também exigem o equipamento de proteção individual em profissionais e passageiros

ADAMO BAZANI

Muitos passageiros já sabem, mas é sempre é bom lembrar.

A partir desta segunda-feira, 04 de maio de 2020, o uso de máscaras passa a ser obrigatório nos ônibus comuns e seletivos gerenciados pela EMTU, nos trólebus e ônibus da Metra no Corredor ABD, nos trens da CPTM, no Metrô, nos ônibus da cidade de São Paulo gerenciados pela SPTrans e nos ônibus rodoviários ou suburbanos do sistema da Artesp.

A medida é para evitar um crescimento ainda maior do número de casos de Covid-19.

Os passageiros sem máscaras serão impedidos de entrar nos ônibus, trens, estações e terminais.

No caso dos ônibus da cidade de São Paulo, o prefeito Bruno Covas disse que as empresas serão multadas em R$ 3,3 mil por dia e a cada veículo com passageiro sem máscara.

Já no caso dos taxistas ou motoristas de aplicativos, a multa é de R$ 150 por dia e por veículo.

GRANDE SÃO PAULO:

Algumas cidades da Grande São Paulo também decretaram a obrigatoriedade do uso de máscaras em ônibus municipais, táxis e carros de aplicativo.

Veja exemplos:

São Caetano do Sul: já em vigor

Guarulhos: já em vigor

Osasco: já em vigor

Cotia: já em vigor

Suzano: já em vigor

Embu das Artes: já em vigor

Santo André: a partir de 04 de maio

Ribeirão Pires: a partir de 04 de maio

Mauá: a partir de 09 de maio

CUIDADO COM AS MÁSCARAS:

As máscaras podem reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus, mas devem ser manuseadas, colocadas e retiradas de forma correta:

– Guarde as máscaras limpas em sacolas plásticas higienizadas;

– Antes de colocar, lave bem as mãos e, de preferência, o rosto também;

– Não coloque as mãos no pano. Sempre manuseie pelo elástico ou cordão;

– Ajuste pelas bordas, se necessário, a fim de ficar confortável o uso, mas desde que boca e nariz fiquem bem cobertos;

– Se precisar tirar, lave as mãos, coloque em outra sacola plástica só tocando no elástico ou cordão, e lave as mãos de novo;

-Ao chegar em casa, coloque a máscara num recipiente com água sanitária, água e sabão em pó, deixando por meia hora. Depois lave com sabão em pedra esfregando bem, mas sem danificar o tecido, e coloque para secar preferencialmente no sol;

– Guarde em uma sacola plástica esterilizada.

E lembre-se, máscara nunca deve ser usada no queixo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Silvio Ferreira disse:

    Uma pergunta: Aumentaram o número de ônibus, para melhorar oi distanciamento social

  2. Neli disse:

    Várias linhas de ônibus estão circulando com pessoas sem máscaras 971v 1722 819a tem que ter uma fiscalização mais rígida

  3. Eduardo disse:

    Tem estudos que publicam que a umidade gerada pelas mascaras aumenta casos de pneumonias bacterianas e fúngicas e não se comenta sobre isto que é tão grave quanto.

  4. Leonardo Frederico de Paula disse:

    Foi acusado de proliferar COVID 19 por não usar mascara ???

    A calúnia consiste em acusar alguém publicamente de um crime. Está prevista no artigo 138 do Código Penal Brasileiro, e prevê detenção de 6 meses a 2 anos, além do pagamento de multa.

Deixe uma resposta