Com maior demanda, BR Mobilidade aumenta frota em nove linhas de ônibus da Baixada Santista

Publicado em: 24 de abril de 2020

Com pandemia de Covid-19, o número de passageiros havia caído, mas voltou a subir. Foto: Carlos Eduardo.

Medida foi tomada após determinação da EMTU

JESSICA MARQUES

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou que, a partir de segunda-feira, 27 de abril de 2020, nove linhas operadas pela BR Mobilidade terão mais viagens e acréscimo de frota.

Assim, as linhas 906, 913, 927, 931, 933, 934, 934EX1, 942EX2 e 948EX1, que circulam na ligação entre os municípios de Cubatão, Praia Grande, São Vicente e Santos terão nova programação horária. Ao todo, haverá acréscimo de 10 veículos e 57 viagens.

Os itinerários estão com maior demanda, de acordo com a EMTU. Inicialmente, com a quarentena decretada pelo Governo do Estado por conta da pandemia de Covid-19, o número de passageiros havia caído, mas voltou a subir.

Desta forma, o aumento da frota nestas linhas e, consequentemente, o maior número de viagens, foram medidas tomadas após uma determinação da EMTU.

“A medida é consequência do acompanhamento diário da operação realizado pela EMTU para manter a frota intermunicipal em número compatível com o volume de passageiros transportado”, informou a EMTU, em nota.

“Esse monitoramento também ocorre na linha do VLT, que está mantendo intervalos de sete minutos nos horários de maior movimento e de 12 minutos nas demais faixas horárias”, completou.

CONTATO

A orientação do Governo do Estado é de que os passageiros registrem possíveis problemas nos canais de comunicação da EMTU/SP, como Twitter, Facebook e o site www.emtu.sp.gov.br, para ajudar no trabalho de fiscalização dos serviços. O número da linha, horário e o sentido em que há lotação acima do aceitável devem ser informados.

“A Secretaria dos Transportes Metropolitanos reafirma que a utilização do transporte público deve ser feita somente por pessoas que estão em atividades essenciais. As demais, caso seja possível, devem permanecer em suas residências”, informou a EMTU, em nota.

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta