São Paulo autoriza convênio para instalação de 240 câmeras de monitoramento em abrigo de ônibus

Pontos de ônibus vão ajudar a monitorar crimes. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte)

Serão 120 paradas com geração de imagens em tempo real

ADAMO BAZANI

A SMSU – Secretaria Municipal de Segurança Urbana assinou um termo de cooperação com a Otima, concessionária de pontos e abrigos de ônibus da cidade de São Paulo, para instalar 240 câmeras de monitoramento em 120 paradas espalhadas por diversas regiões.

Os abrigos devem ter sistema de wi-fi para a geração de imagens em tempo real para as centrais de monitoramento de segurança da prefeitura.

A Otima só vai fornecer as estruturas dos abrigos e o sinal de wi-fi. As câmeras e operação do sistema serão de responsabilidade da secretaria.

Entre os objetivos será coibir crimes de ordem sexual e roubos e furtos que ocorrem nas imediações dos pontos de ônibus.

A cidade possui 6.500 abrigos e mais de 13 mil totens de parada de ônibus.

Os locais vão ser definidos pela SMSU de acordo com as estatísticas criminais.

As imagens serão geradas em tempo real por meio da plataforma na City Câmeras, da cidade de São Paulo.

O Diário do Transporte tem acompanhado o processo de parceria para as câmeras de monitoramento.

Em 05 de outubro de 2019, foi publicada proposta do termo de cooperação entre a secretaria e a Otima, mas o processo entre as duas partes começou em 2018.

Adamo Bazani, jornalista especializados em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Câmeras e LIXEIRAS, HAJA VISTO ALGUNS PONTOS IMUNDOS, NÃO SEI POR QUE AINDA NÃO FIZERAM ISSO??

Deixe uma resposta