Taxa de isolamento em São Paulo permaneceu em 50% nesta terça-feira, aponta monitoramento

Governador descartou medidas mais rígidas

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, João Doria disse que pode anunciar medidas na semana que vem sobre a necessidade de as pessoas ficarem em casa

ADAMO BAZANI

A taxa de isolamento no Estado de São Paulo nesta terça-feira, 14 de abril de 2020, se manteve em 50%, mesmo índice da segunda-feira, 13.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 15, e fazem parte do sistema de monitoramento por meio dos celulares dos cidadãos, em parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM

Segundo o Coordenador do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, o médico infectologista David Uip, a adesão ideal para controlar a disseminação da COVID-19 é de 70%. Se a taxa continuar baixa, o número de leitos disponíveis no sistema de saúde não será suficiente para atender a população.

O novo período de quarentena estipulado pelo governo do Estado de São Paulo termina no próximo dia 22 de abril. Mas se os casos continuarem crescendo de forma muito rápida, podem ser adotadas mais ações para restringir a circulação.

No início da tarde desta quarta-feira, o Governador João Doria disse que novas medidas devem ser anunciadas na próxima quarta-feira.

As cidades que menos tiveram isolamento foram Catanduva e Limeira com 42% e com maior índice foi São Sebastião, com 66%.

Veja a relação:


Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta