Gratuidades para idosos e estudantes devem crescer 37,75% e 5,5% nos ônibus da EMTU até 2023

Utilizações devem chegar a 48.7 milhões por ano

Previsão está no PPA 2020-2023 do Governo do Estado de São Paulo

ADAMO BAZANI

As gratuidades concedidas para idosos entre 60 e 64 anos, que são subsidiadas pelo Governo do Estado de São Paulo, devem ter um acréscimo de 37,75% até 2023 nos ônibus gerenciados pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos.

A previsão está no PPA – Plano Plurianual (2020-2023) sancionado pelo governador João Doria e publicado nesta sexta-feira, 10 de abril de 2020, que traz estimativas de investimentos e custos em diversos setores, como transportes metropolitanos.

De acordo com a projeção das gratuidades para pessoas com idades entre 60 e 64 anos, as utilizações por ano serão de 48,7 milhões (48.707.033). O valor de referência para a projeção é de 2018, quando o registro foi de 35,5 milhões (35.356.549).

Por lei federal, com 65 anos ou mais todos os passageiros têm direto a gratuidades, mas entre 60 e 64 anos, os Estados e municípios são livres para conceder a isenção ou não.

Já em relação aos estudantes que contam com gratuidades, o aumento previsto na quantidade de benefícios até 2023 (usando como base o valor de referência de 2018) é de 5,5%, passando de 17,3 milhões (17.358.571) utilizações por ano para 18,3 milhões (18.312.515) por ano.

Como já havia mostrado o Diário do Transporte, o PPA destaca o prolongamento da Linha 9 – Esmeralda até Varginha, a extensão da Linha 13 – Jade até o bairro de Bonsucesso em Guarulhos e à região central do município de São Paulo, a extensão da Linha 11 – Coral até a Barra Funda e as seguintes modernizações de infraestrutura e sistemas: Linha 7 – Rubi, Linha 8 – Diamante, Linha 10 – Turquesa, Linha 11 – Coral e Linha 12 – Safira. A modernização das linhas de Metrô e do sistema de ônibus da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos também está no documento.

Em relação à expansão da linha 13-Jade para o Bonsucesso, a previsão é de que pouco mais da metade (54,9%) estejam concluídos.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/10/especial-ppa-preve-r-58-bilhoes-para-transportes-metropolitanos-com-mais-redes-de-trilhos-e-brts-em-sao-paulo-ate-2023/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta