Metrô compra R$ 2,2 milhões em máscaras e CPTM abre chamamento para postos de higienização nas estações

Publicado em: 8 de abril de 2020

Metrô de São Paulo

Medidas são para tentar conter o avanço do coronavírus no sistema de transportes

ADAMO BAZANI

A Companhia do Metrô de São Paulo vai comprar R$ 2,2 milhões em máscaras de proteção.

A compra ocorre no âmbito das medidas emergenciais para conter o avanço do coronavírus, inclusive no sistema de transportes.

Por causa da urgência, a aquisição ocorreu sem licitação.

A empresa Bragal Comercial e Serviços Ltda vai fornecer R$ 1,7 milhão em máscaras da classe KN95 e a Tayco Equipamentos de Segurança Ltda vai vender R$ 504 mil em máscaras classe PFF2

Já a CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos abriu um chamamento público para instalar postos de higienização em suas estações.

O edital vai ser publicado no site da empresa e as propostas devem ser enviadas para o endereço comercio@cptm.sp.gov.br

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta