Coronavírus: Marcopolo dará férias coletivas de 20 dias para os 10 mil funcionários no Brasil

Publicado em: 18 de março de 2020

Ônibus da Marcopolo. Empresa lidera produção de carrocerias no Brasil

Medida é uma das formas de contribuir para reduzir o avanço da pandemia no País e começa na segunda-feira, 23

ADAMO BAZANI

A encarroçadora de ônibus Marcopolo vai colocar em férias coletivas os cerca de 10 mil funcionários que atuam nas plantas brasileiras de Caxias do Sul (incluindo a Neobus), de São Mateus, no Espírito Santo; e da Marcopolo Rio, antiga Ciferal, no estado do Rio de Janeiro.

Somente no Rio Grande do Sul, são em torno de oito mil trabalhadores.

A paralisação das atividades é de 20 dias e começa na próxima segunda-feira, 23 de março de 2020.

A medida é uma das formas de contribuir para reduzir o avanço do coronavírus no Brasil, evitando concentração de pessoas e deslocamentos.

A Marcopolo S.A. produz em torno de 50% de todas as carrocerias de ônibus produzidas no País.

Confira a nota da encarroçadora, na íntegra:

Pessoas. São elas a nossa inspiração para tudo o que fazemos. E neste momento, a Marcopolo S.A reforça o seu compromisso em respeitar e valorizar as pessoas. Por isso, preocupados com a integridade de nossos colaboradores, seus familiares e das comunidades das quais fazemos parte, adotamos a posição de conceder férias coletivas nas unidades do Brasil. A medida faz parte dos planos de contingência da empresa no combate à proliferação do Covid-19. Monitoramos com a mesma atenção nossas operações internacionais e ações serão tomadas de acordo com a evolução do tema em cada local.

Clientes também são a nossa razão de existir. E em meio à tamanha turbulência, nossa equipe comercial, assim como a rede de representantes, estão de plantão e a postos para em conjunto encontrar as melhores alternativas e manter a sustentabilidade de seus negócios neste momento de incertezas. Buscando sempre a satisfação de nossos clientes, tão logo as atividades sejam retomadas, estaremos engajados na entrega dos pedidos previstos em carteira.

Importante mencionar que somos uma empresa sólida economicamente, que tem por valores a ética e a integridade nos negócios. E essa solidez garantirá que cumpramos os compromissos assumidos com nossos fornecedores, parceiros e colaboradores.

Seguimos acompanhando o tema, que muda rapidamente, atentos ao cenário global de instabilidade e buscando passar por este período com o menor impacto em nossas operações. Contamos com uma carteira robusta de pedidos de clientes do Brasil e Exterior, públicos e privados, o que permitirá a retomada da produção assim que as questões sanitárias permitam.

A Marcopolo deseja que você se cuide, cuide do próximo e guarde energia. Permaneçam em casa. Apenas o período é nomeado de “férias coletivas”. Este momento exige conscientização de todos para que possamos evitar a aceleração do contágio. Esperamos em breve voltar à normalidade para seguir Aproximando Pessoas.

MERCEDES-BENZ:

Se a líder de carrocerias vai parar, a líder em chassis de ônibus também vai suspender a produção por causa do coronavírus dando férias coletivas para os funcionários.

Como mostrou o Diário do Transporte, a Mercedes-Benz anunciou na tarde desta quarta-feira, 18 de março de 2020 que dará férias coletivas aos funcionários de 30 de março a 19 de abril.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/03/18/coronavirus-mercedes-benz-dara-ferias-coletivas-aos-funcionarios-de-30-de-marco-a-19-de-abril/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta