Rodízio municipal de veículos em São Paulo suspenso por causa do coronavírus a partir de terça-feira, 17

Publicado em: 16 de março de 2020

Ônibus serão higienizados nos terminas e pontos finais

Não há data para retorno. Ônibus serão limpos ao final de cada viagem

ADAMO BAZANI

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou na tarde desta segunda-feira, 16 de março de 2020, que a partir desta terça-feira, 17, o rodízio municipal de veículos será suspenso por tempo indeterminado.

A medida faz parte de um pacote de ações anunciado pela prefeitura para reduzir a transmissão do corona vírus.

Serão proibidos eventos fechados mesmo com alvará e servidores municipais com mais de 60 anos vão trabalhar em casa (home office). Os demais servidores terão jornadas em dois turnos.

Outra medida é que todos os ônibus serão lavados com água sanitária após cada viagem.

O número de leitos no sistema público da cidade deve dobrar.

Em entrevista ao jornalista José Luís Datena, da TV Bandeirantes, o prefeito Bruno Covas disse que a estimativa é de que com a redução das atividades na cidade, o prejuízo deve chegar a R$ 1,5 bilhão.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Eita de Cássia Cardozo disse:

    E a zona azul??
    Alguém sabe, por favor?

    1. blogpontodeonibus disse:

      Mantidapor enquanto

  2. Robson disse:

    Então os agentes de trânsito devem circular correndo risco de contaminação pelo Corona?

  3. mARCELO disse:

    PREFEITO LIBERA ZONA AZUL
    PROFISSIONAIS DA SAUDE NÃO TEM ONDE COLOCAR O CARRO NESTE CAOS DO CORONAVIRUS
    NÃO PODEMOS FICAR USANDO TRANSPORTE PUBLICO…
    LIBERA ZONA AZUL

  4. CRISTIANO RIBEIRO CAVALCANTE disse:

    Quer dizer que o rodízio em sao paulo foi suspenso

Deixe uma resposta