Paralisação de linhas da Pêssego Transportes continua e empresa pode ser multada, diz SPTrans

Publicado em: 9 de março de 2020

Empresa que surgiu de cooperativa atende parte da zona Leste de São Paulo em linhas do subsistema local de distribuição

Manifestações ocorrem em pontos iniciais, segundo gerenciadora

ADAMO BAZANI

Permanece a paralisação parcial de linhas da empresa Pêssego Transportes no final da tarde desta segunda-feira, 09 de março de 2020, de acordo com a gerenciadora do sistema SPTrans – São Paulo Transporte.

As manifestações ocorrem em pontos iniciais e o Diário do Transporte apurou que funcionários reclamam de atrasos nos benefícios trabalhistas.

Por meio de nota, a SPTrans informou que técnicos orientam passageiros sobre opções de linhas e que a empresa pode ser multada.

“As equipes da SPTrans estão nos locais mais afetados para orientar os usuários quanto às alternativas de deslocamento. Vale ressaltar que o descumprimento das partidas programadas é passível de multas.” – diz a nota.

A Pêssego Transportes Ltda – originária da antiga Transcooper Leste – opera em regiões como de Itaquera, Vila Matilde, Artur Alvim, Guaianases e Cidade Tiradentes com 41 linhas no subsistema local de distribuição.

As principais linhas atingidas, de acordo com lista da SPTrans são:

3025/10 Jd. Wilma Flor – CPTM Guaianazes

3718/10 Metrô Artur Alvim – Nova America

3721/41 Shop. Aricanduva – Metrô Itaquera

3728/41 Metrô Artur Alvim – Pq. Nova Savoy

372F/10 Univ. São Judas Tadeu – Metrô Bresser

3735/10 Metrô Artur Alvim – Jd. São João

3735/41 Metrô Artur Alvim – Jd. São José

3742/10 Jd. Laranjeira – Metrô Itaquera

3796/10 Gleba do Pêssego – Metrô Itaquera

3766/10 Cohab II – Metrô Itaquera

373L/10 Jd. Limoeiro – Metrô Itaquera

3732/10 CPTM José Bonifácio – Metrô Itaquera

3741/10 CPTM D. Bosco – Metrô Itaquera

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta