Viação Bertioga tem greve nesta sexta-feira, 21

Publicado em: 21 de fevereiro de 2020
Viação Bertioga

Viação Bertioga opera desde 1993.

Cidade do litoral paulista acorda sem ônibus. Rodoviários protestam por atraso no salário 

ALEXANDRE PELEGI

Em protesto por atraso salarial, além da falta de pagamento da cesta básica e vale-alimentação, os funcionários da Viação Bertioga, concessionária do transporte coletivo da cidade de mesmo nome do litoral paulista, cruzaram os braços nesta sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020.

Os rodoviários alegam ainda que depósitos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) também estariam em atraso.

De acordo com o jornal Costa Norte, o gerente da Viação, Mario Marques, afirma que a paralisação é irregular.

Mario diz que o sindicato trabalhista não fez o aviso prévio como é exigido por lei em casos de paralisação. No entanto, ele admite atraso nos benefícios por parte da empresa, e garante que a situação será regulariza ao longo do dia.

Já Paulo Passos, assessor de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região, diz que a paralisação foi espontânea por parte dos funcionários ainda na madrugada desta sexta-feira.

Segundo o assessor sindical, um edital será publicado nesta segunda-feira convocando nova paralisação de acordo com a lei de greve.

Como mostrou o Diário do Transporte, este é o segundo protesto motivado por atraso de salários em menos de um ano. Relembre: Rodoviários de Bertioga fazem greve nesta segunda-feira

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta