Transporte coletivo de Guarulhos sofre com reflexo de alagamentos e 80 linhas de ônibus são prejudicadas

Ônibus chegaram a ficar parados próximo por conta de pontos de alagamento. Foto: Wellington Nascimento / Redes Sociais.

Terminal Taboão continua alagado e com operação suspensa

JESSICA MARQUES

Após um dia com diversos pontos de alagamento e vias interditadas, o transporte coletivo de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, ainda sente os reflexos da chuva no início da noite desta segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020.

O Governo do Estado de São Paulo informou que o Terminal Taboão, em Guarulhos, está alagado e com operação suspensa. São 80 linhas intermunicipais prejudicadas de Guarulhos para o Metrô Armênia e Terminal Tietê, na capital paulista, e 120 linhas prejudicadas na região de Osasco.

Por sua vez, a Prefeitura informou que a cidade registrou diversos pontos de alagamento ao longo do dia, mas algumas das vias já estão transitáveis. Entretanto, o tráfego está intenso e, em alguns locais, os veículos circulam em avenidas parcialmente interditadas.

Em nota ao Diário do Transporte, a Prefeitura informou quais vias ainda sentem o reflexo dos pontos de alagamento. Confira:

1- Avenida Jamil João Zarif liberada apenas em uma pista, no modelo pare e siga.

2- Avenida Salgado Filho, altura do número 2.746, na Vila Rio de Janeiro, alagou, mas neste momento está transitável.

3 – A praça do Aviador, na avenida Brigadeiro Faria Lima, tem o trânsito parcialmente liberado.

4 – Avenida Guarulhos, no sentido da Ponte Grande, totalmente travada desde a Dutra até a divisa com São Paulo.

5 – Avenida Panambi, em Cumbica, segue com trânsito parcial por uma faixa de rolamento.

5 – Estrada do Elenco, Jardim Bananal, aberta parcialmente ao tráfego.

6 – Avenida Benjamin Harris Hunnicutt, na Vila Rio de Janeiro, liberada nos sentidos centro e bairro, neste momento.

7 – Avenida Antônio de Souza , no Jardim Santa Francisca, liberada para o tráfego.

8 – Rua Joaquina de Jesus, Parque Santo Agostinho, alagada e parcialmente aberta ao trânsito.

9 – Avenida Silvestre Pires de Freitas, Jardim Paraíso, altura das obras do Rodoanel: interditada ao tráfego.

10 Trevo de Bonsucesso: trânsito agora está bem mais carregado em razão do horário.

11 Avenida Juscelino Kubtischek: carregado em razão do horário.

12 Rodovia Presidente Dutra, pista Sul, km 210 a 214 – trânsito segue intenso.

13 Avenida Tiradentes – trânsito mais pesado em razão do horário.

14 Avenidas Monteiro Lobato e Otávio Braga de Mesquita – trânsito ficando mais carregado.

15 Avenida Paulo Faccini – trânsito moderado.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta