Curitiba prorroga prazo para cadastramento de motoristas de aplicativos

Foto: Daniel Castellano/SMCS

Condutores tinham até esta sexta-feira, 31 de janeiro, para fazer registro on-line antes de exercerem a atividade remunerada de transporte de passageiros

ALEXANDRE PELEGI

A Urbs (Urbanização de Curitiba S/A) prorrogou o prazo, que se encerraria nesta sexta-feira, 31 de janeiro de 2020, para começar a exigir que os motoristas de aplicativos de cadastrem on-line para que possam exercer a atividade remunerada de transporte de passageiros.

A data que passa a valer a partir de agora é 26 de fevereiro, quarta-feira após o carnaval.

Desta forma, a fiscalização de motoristas não cadastrados também foi prorrogada, passando para o dia 2 de março.

Ogeny Pedro Maria Neto, presidente da Urbs, explica que a ampliação do prazo se deve ao grande número de motoristas que fizeram o cadastro na última semana.

A ampliação servirá para que toda documentação seja conferida e o cadastro seja devidamente finalizado.

O prazo vale para os atuais motoristas se adaptarem à legislação, além de ser uma exigência legal.

Ele ficará permanentemente aberto, e pode ser feito a qualquer tempo depois disso – tanto para motoristas que vierem a entrar no sistema quanto para os antigos.

CADASTRAMENTO

Até ontem, 31, 22.635 motoristas já haviam de cadastrado no sistema.

Para realizar o cadastramento, é preciso acessar a plataforma criada pela Urbs (clique aqui para acessar) e preencher os dados solicitados e fornecer a documentação exigida (clique aqui e veja).

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta