EMTU reajusta preço público de utilização do Terminal Metropolitano de Campinas

Publicado em: 27 de janeiro de 2020

Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira, em Campinas. Foto: Google (Edivan Souza)

Resolução publicada neste sábado, 25 de janeiro, aprova novos valores a serem cobrados das empresas de ônibus autorizadas a utilizarem as plataformas de embarque e desembarque

ALEXANDRE PELEGI

A Secretaria de Transportes Metropolitanos publicou no Diário Oficial deste sábado, 25 de janeiro de 2020, Resolução reajustando o Preço Público de Utilização de Terminais operados pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

De acordo com a Resolução STM 20, o reajuste atinge especificamente o Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira, localizado em Campinas.

Os novos preços passam valer a partir da zero hora deste domingo, dia 26 de janeiro de 2020.

O Terminal Metropolitano Magalhães Teixeira conta com uma área de 12.500 m², oito plataformas de embarque e desembarque e possui acesso ao Terminal Rodoviário de Campinas. Adaptado para receber com segurança passageiros especiais, o terminal recebe linhas metropolitanas e municipais.

O pagamento do preço público se dá em ressarcimento à EMTU das despesas com serviços de administração, operação e manutenção dos terminais metropolitanos das Regiões Metropolitanas do Estado.

O preço é cobrado das operadoras, concessionárias, permissionárias, contratadas, conveniadas ou autônomas, autorizadas a utilizarem os terminais metropolitanos da EMTU.

Veja a Resolução abaixo, com a respectiva tabela com os novos valores, que variam conforme o tamanho do ônibus:

emtu_reajuste_campinas


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Alex Salvador Braga disse:

    Passagem caríssima. Ônibus sempre lotado e os banheiros do terminal metropolitano é uma vergonha.

Deixe uma resposta