Mercedes-Benz cria divisão de ‘automóveis e vans’ e grupo Daimler fica com três empresas no Brasil

Mercedes-Benz do Brasil informou, em nota, que será totalmente dedicada às operações de caminhões e ônibus. Foto: Divulgação.

Objetivo da mudança é aproximação dos clientes, agilidade e posicionamento da companhia em ‘nova era da mobilidade’, segundo a marca

JESSICA MARQUES

A Mercedes-Benz do Brasil informou, em nota, que será totalmente dedicada às operações de caminhões e ônibus. Isso porque a empresa criou a divisão Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil, voltada para atividades de automóveis e vans no país.

O Banco Mercedes-Benz do Brasil seguirá responsável por financiamentos, seguros e soluções de mobilidade. Desta forma, o grupo Daimler fica com três empresas no Brasil.

A nova estrutura segue uma estratégia corporativa da Daimler, com o objetivo de otimizar todas as unidades de negócios do grupo mundialmente. O intuito é “aproximar empresas dos clientes, ganhar agilidade com estruturas dedicadas, além de posicionar a Companhia para uma nova era da mobilidade”.

Desta forma, o Grupo Daimler terá uma nova estrutura corporativa no Brasil a partir de janeiro de 2020. A Companhia passará a ter três empresas legalmente independentes.

“A Mercedes-Benz do Brasil será 100% focada nas operações de Caminhões e Ônibus, empregando mais de 10 mil funcionários e contemplando as unidades de São Bernardo do Campo, Campinas e o Campo de Provas de veículos comerciais em Iracemápolis, em São Paulo, além de Juiz de Fora, em Minas Gerais”, explicou a Mercedes, em nota.

A Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil, por sua vez, terá funcionários administrativos que ficam nas unidades de São Bernardo do Campo e Campinas e que são dedicados aos negócios de automóveis e vans, bem como os colaboradores da fábrica de automóveis de Iracemápolis, o que representa cerca de 650 pessoas.

Por fim, o Banco Mercedes-Benz do Brasil, que já opera de forma independente, tem sua sede em São Paulo e emprega quase 300 pessoas, segue responsável por todos os negócios financeiros e de seguros, além das soluções de mobilidade.

ESTRATÉGIA

“O principal motivo dessa mudança, que está acontecendo com o Grupo Daimler em todo mundo, é estar mais próximos dos nossos clientes e focados em atender às suas necessidades específicas, além de melhor posicionar as nossas empresas para enfrentar uma nova era da indústria automotiva. Teremos mudanças relevantes no mercado que atuamos: novos competidores, rápido desenvolvimento de novas tecnologias e cada vez mais diferentes demandas de nossos clientes. Precisamos estar preparados e a melhor forma é dedicar as nossas empresas para cada um desses segmentos. Atender mais rápido e melhor os clientes é a razão de tudo isso”, explicou Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil, que segue como líder das operações de Caminhões e Ônibus.

“Nossa nova estrutura nos torna mais focados e competitivos para garantir uma transformação bem-sucedida rumo ao futuro da mobilidade. É imprescindível que estejamos totalmente dedicados aos nossos clientes e os inspiremos com produtos e tecnologias inovadores e sustentáveis. Vamos fazer isso com duas receitas: atendendo as demandas do mercado local, mas acompanhando na mesma velocidade as inovações tecnológicas mundiais”, disse Holger Marquardt, presidente da nova empresa Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

“Dessa forma, cada divisão de negócios terá mais flexibilidade, agilidade e autonomia para gerenciar os seus negócios, uma vez que estarão totalmente dedicadas às necessidades de seus públicos específicos. Essa mudança, sem dúvida, vai nos fortalecer e nos permitir a continuar a fazer a diferença no mercado brasileiro”, acrescentou Christian Schüler, presidente e CEO do Banco Mercedes-Benz do Brasil.

NOVA ESTRUTURA DO GRUPO

O Grupo Daimler começou a preparação dessa nova estrutura corporativa há cerca de dois anos, avaliando qual seria a melhor alternativa para todos os seus ramos de negócios, conforme informado em nota.

“Em 1º de novembro, o Grupo Daimler lançou essa nova estrutura corporativa. A divisão dos negócios de Automóveis, Vans, Caminhões e Ônibus para as subsidiárias entrou em vigor no final de outubro, com o registro comercial na Alemanha.”

“Desde então, a Daimler AG segue como empresa holding responsável pelas funções de governança de todo o grupo e a única de capital aberto. Abaixo dela, três empresas passaram a atuar de forma independente: Daimler Truck AG (Caminhões & Ônibus), Mercedes-Benz AG (Automóveis & Vans) e Daimler Mobility AG (Serviços Financeiros e de Mobilidade).”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta