Linha 7-Rubi da CPTM retorna à operação normal. PM recebeu chamado relatando pessoa armada em trem

Trem da linha 7 (Imagem apenas Ilustrativa)

Problema afetou quase todo o trecho principal da ligação. Usuários desceram no trilho

ADAMO BAZANI

Os trens da linha 7-Rubi da CPTM começaram a operar com normalidade no início da noite deste domingo depois de mais de 20 minutos circulando com velocidade reduzida a parir das 17h40 desta segunda-feira, 16 de dezembro de 2019.

A PM recebeu um chamado que relatava que uma pessoa estaria armada dentro de um trem.

Um dos passageiros acionou o botão de emergência e a composição que estava entre as estações Perus e Caieiras parou.

Os usuários descreram aos trilhos.

O problema afetou quase todo o trecho principal da ligação entre as estações Luz, na região central da capital, e Francisco Morato, na região metropolitana.

Em nota, a CPTM informou que houve um desentendimento entre passageiros:

Por volta das 17h30 desta segunda-feira (16/12), houve um desentendimento entre passageiros dentro de um trem que seguia sentido Francisco Morato, na Linha 7-Rubi, entre as estações Perus e Caieiras porque um deles ouvia música em alto volume. Um agente penitenciário estava no trem e alguns passageiros entraram em pânico ao avistar sua arma na cintura e acionaram o botão de emergência, descendo na via. O agente não sacou a arma e não houve tiros dentro do trem.

A Polícia Militar foi chamada e as equipes de segurança da CPTM atuaram no local. O agente penitenciário foi levado à autoridade policial para prestar esclarecimentos.

Por conta dos passageiros na via, os trens operaram com velocidade reduzida nos dois sentidos das 17h30 às 18h10. A partir das 18h10, sem passageiros na via, a circulação foi normalizada.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Leonardo disse:

    Não voltou. Trens ainda circulam com velocidade reduzida e maior tempo de parada.

  2. Adriana disse:

    sacou sim meu marido estava no mesmo vagão e viu tudo.

  3. Vinicius Ferraz Siqueira disse:

    E quem ouvia música em alto volume? Não precisei nem estar lá pra saber que foi embora certo??? Isso é contra lei.

Deixe uma resposta para Leonardo Cancelar resposta