Guarapuava (PR) recebe 12 novos ônibus urbanos Gran via ST da Mascarello

Publicado em: 13 de dezembro de 2019

Peróla do Oeste, empresa do transporte público da cidade paranaense, colocará os veículos em circulação a partir da segunda quinzena de janeiro

ALEXANDRE PELEGI

Na manhã desta sexta-feira, 13 de dezembro de 2019, a empresa Pérola do Oeste entregou as chaves simbólicas dos 12 novos ônibus urbanos Gran via ST da Mascarello para a cidade de Guarapuava, no Paraná.

A empresa investiu R$ 5 milhões na aquisição dos 12 novos veículos, que passarão a integrar a frota atual de 65 ônibus, em substituição aos 12 mais antigos.

Com previsão de circulação a partir da segunda quinzena do mês de janeiro, os novos ônibus Euro 5 vêm equipados com câmeras de segurança, elevadores para acessibilidade, dois monitores de TV e carregadores de celulares.

Como mostrou o Diário do Transporte, com informações da encarroçadora, sete dos doze veículos estão acoplados no chassi Mercedes Benz OF 1519, tamanho 11200mm e capacidade para 64 passageiros.

As outras cinco unidades estão com chassi Mercedes Benz OF 1721 tamanho 12400mm, e capacidade para 77 passageiros.

Para o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, os veículos vão substituir veículos mais poluentes, inovação que beneficiará usuários e a empresa. “Esses ônibus novos possuem algumas conveniências, melhorias em relação aos que serão substituídos, que resultarão, com certeza em mais qualidade em nosso transporte”, ressaltou Silvestri Filho.

elevador_perola.jpg

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Na BBF-2019, entrei num micrão da Mascarello e verifiquei que os bancos estão ótimo em relação aos que temos no mercado aqui em Sampa.

    Deixo aqui registrado aqui meus PARABÉNS à Mascarello na esperança que as demais encarroçadoras sigam o exemplo da Mascarello
    e passe a oferecer como única opção de compra um banco decente como este.

    A macies e o tipo de espuma que se utiliza na carroceria de um buzão, tem de ser especificado pelo Contran, Inmetro, IPT, ABNT ou qualquer outro órgão com competência formal para tal.

    Lembrando que competência técnica todos têm.

    O que não pode é deixar Tubarão especificar tipo de espuma, principalmente encosto de cabeça duro como tem na maioria dos buzões de Sampa.

    PARABÉNS MASCARELO!

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta