Viação Galo de Ouro confirma fim gradativo das atividades por fechamento da Ford no ABC

Publicado em: 10 de dezembro de 2019
Galo de Ouro

Empresa se especializoou em fretamento contínuo

Empresa é uma das mais tradicionais do fretamento do ABC Paulista e completou 50 anos de atuação em 2019. Serviço para a Mercedes-Benz será assumido pela Breda/Piracicabana, de acordo com proprietátrio

ADAMO BAZANI

Uma das companhias do setor de fretamento mais tradicionais do ABC Paulista, a Viação Galo de Ouro, vai encerrar suas atividades de forma gradual.

A confirmação foi feita ao Diário do Transporte em conversa por telefone, na tarde desta segunda-feira , 09 de dezembro de 2019 pelo proprietário da compahia Aladino Pisaneschi

“O motivo foi o fechamento da Ford. Era nossso cliente. Não tenho mais condições de seguir em frente” – disse o empresário.

Aladino disse que as linhas que operava para fretamento da Mercedes-Benz, de São Bernardo do Campo, juntamente com 20 ônibus passam para a Breda/Piracicabana em janeiro de 2020.

A Breda/Piracicabana é do Grupo Comporte, da família de Constantino Oliveira, um dos maiores grupos empresariais de ônibus do Brasil.

Aladino disse que vai ficar com cinco ônibus ainda até março do ano que vem para pequenos atendimentos. Depois fará uma última avaliação, mas o fechamento é dado como certo.

O empresário ainda garantiu que funcionários da Galo de Ouro serão repassados para a Breda/Piracicabana  e que todos serão pagos em dia.

“O meu esforço vai ser para pagar todos, não deixar ninguém na mão, honrar tudo o que a lei determina com os trabalhadores. Isso aqui era uma família. Tem funcionário que cresceu junto com a empresa.” – relatou emocionado.

Funcipnários no último fim de semana em transporte para evento no Estância Alto da Serra, no ABC

A Viação Galo de Ouro completou 50 anos em 2019.

Monoblocos eram sinônimo de conforto para as suas épocas e destacaram a Galo de Ouro

A companhia foi fundada em 1969 diante ainda do crescimento da indústria no ABC Paulista, principalmente do setor de autopeças, alavancado pelas montadoras que se instalaram na região.

Atualmente a empresa está registrada em nome de Aladino Pisaneschi Júnior, Ricardo D’Ávila Silva e de Galo Participações Eirelli, segundo a Jucesp – Junta Comercial do Estado de São Paulo.

A viação, com o tempo, se especializou em transporte de funcionários por fretamento contínuo, mas atendia à modalidade eventual.

A Galo de Ouro se destacou pelo uso dos monoblocos da Mercedes-Benz, considerados os ônibus mais confortáveis em circulação nos anos das décadas de 1980 a 1990 e atendeu a grandes indústrias do setor automotivo do ABC.

Também foi uma das primeiras empresas de fretamento do Estado de São Paulo a utilizar modelos da Irizar, em especial o Century, veículo conhecido também pelo conforto.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. João Luiz disse:

    Infelizmente este é o destino das empresas do ABC com grandes empresas que usavam o serviço fechando ou contratando serviços dia grandes grupos como a piracicabana, Breda que estão engolindo as menores da região

  2. João Luís Garcia disse:

    Triste mas é a realidade de mais uma empresa de fretamento que encerrará as suas atividades.
    Principalmente as empresas que operam em grandes centros industriais como a Galo de Ouro que tem sua sede em Santo André e opera para algumas das principais indústrias automobilísticas que foram a força naquela região.

  3. Maurício H Collaneri disse:

    A impressão que fica é uma dependência histórica de poucos clientes assim como a empresa Orion tem a Natura como cliente muito essencial. Quem presta um serviço não pode acreditar que um cliente será fiel. Se foi outra coisa faço aqui minhas ressalvas.

  4. Mas seu proprietário pode muito bem buscar outras empresas, que usam fretamento,,,,oferecer seus serviços…inda mais com 50 anos, são competentes pra isso..e merece incentivo.

  5. Wilson disse:

    Triste, empresario a 50 anos no mercado em atividade por motivos alheios a sua vontade ter que deixar o seu negocio a sua atividade e pior deixar funcionarios desempregados. Mas é assim que acontece varias empresas por motivos diversos deixaram o seu ramo de atividade como Agulhas Negras, Mantiqueira, EAO São manoel, V. Cidade Azul, V. São Geraldo, E. Brasileiro, E.R. Atlantico, Sulamericana, Nacional, Eroles , Napoles, Urbi et Orbi , Vitoria Regia, …etc e etc……..

  6. Arlindo Albuquerque disse:

    É o retorno dos nossos governantes,!!

  7. Luis disse:

    Muito triste, a Galo de Ouro era uma empresa de grande tradição no ABC,

  8. Valdir disse:

    Triste por mais uma empresa aqui do ABC que infelizmente deixa suas atividades… O meu obrigado pelo tempo que conheci e me atendeu, na 1ª vez ainda ali em meados de 1985 prestou serviços com o aluguel de onibus em uma viagem que fiz para Minas onde guardei o nome Galo De Ouro e depois 2ª vez pelos serviços prestados para em que trabalho até hoje, onde fui atendido com sua linha de fretados…
    Meu muito obrigado pelos momentos de atendimento…

  9. João paulo disse:

    Muito triste ver uma empresa sólida e com tradição ser afetada dessa maneira tive o prazer de conhecer o neto Aladino pessoa muito umilde acho que tem que batalhar pra manter essa grande empresa

Deixe uma resposta