EMTU autoriza nova integração tarifária entre Santana de Parnaíba e Franco da Rocha

Publicado em: 7 de dezembro de 2019

Ao invés de R$ 11,85 nas duas passagens, com a integração passageiro pagará R$ 8,00. Foto: Haroldo Ferreira

Resolução da STM beneficiará cerca de 2.700 passageiros/mês, com desconto de 32,5% sobre o total das duas tarifas

ALEXANDRE PELEGI

Em Resolução publicada neste sábado, 07 de dezembro de 2019, o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, autorizou a integração física e tarifária entre as linhas metropolitanas 324 Santana de Parnaíba (Colinas da Anhanguera) – Barueri (Parque Imperial) via Cajamar (Polvilho) e 426 Franco da Rocha (Centro) – Cajamar (Polvilho), operados pelo Consórcio Anhanguera.

A operação integrada começará ainda este mês, após as mudanças no sistema serem concluídas, e beneficiará mensalmente cerca de 2.700 passageiros, segundo a EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos.

A tarifa integrada, segundo a Resolução, será no valor de R$ 8,00, “observado o intervalo de tempo máximo para a efetiva utilização da redução tarifária de 180 minutos”. A soma das duas tarifas fica em R$ 11,85.

No sentido Santana de Parnaíba (Centro) e Barueri (Parque Imperial), ao embarcar na linha 426, o usuário paga a tarifa correspondente a R$ 6,75, com o Cartão BOM, desembarca no trecho de contato das linhas e acessa a linha 324, onde será descontado o complemento da tarifa integrada, no valor de R$ 1,25, utilizando o mesmo cartão.

Já no sentido inverso, para Franco da Rocha (Centro), e utilizando o mesmo cartão, ao embarcar na linha 324 o usuário paga tarifa correspondente a R$ 5,10 com o Cartão BOM, desembarca no trecho de contato das linhas e acessa a linha 426, onde será descontado o complemento da tarifa integrada no valor de R$ 2,90.

Alexandre Baldy afirma que essa é uma economia importante para quem depende diariamente do transporte público. “A medida foi tomada em benefício dos cidadãos, com base em estudos para viabilizar a integração. São mais de 30% em economia e esse é um valor que pode fazer a diferença para uma família”, disse o secretário dos Transportes Metropolitanos.

A integração poderá ser feita no trecho de contato entre as linhas, compreendido entre os números 290 e 3.980 da Avenida Tenente Marques, direção da Rua Ayrton Senna.

Além da conexão, segundo comunicado da EMTU o passageiro poderá seguir até Alphaville, importante polo residencial e comercial localizado nos municípios de Santana de Parnaíba e Barueri, pelos mesmos R$ 8,00 da tarifa integrada.​

integra_fco_rocha

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Rogerio Belda disse:

    Boas notícias para São Paulo – maior
    metrópole da América do Sul. Belda

  2. Rafael do Amaral Luiz disse:

    Piada.

  3. Rafael do Amaral Luiz disse:

    Piada sem graça

Deixe uma resposta