Scania: Portfólio completo para clientes de todo o Brasil

Publicado em: 25 de novembro de 2019

Chassi Articulado Scania Modelo K IA 6X2/2 – 18,6 metros

O segmento rodoviário da Scania contempla modelos das Séries K (com motor traseiro) e F (com motor dianteiro). Os chassis com motor traseiro podem ser usados em aplicações de curtas, médias e longas distâncias. Já a Série F é voltada para rotas curtas e médias. As soluções Scania disponibilizam chassis de configurações de eixos 4×2, 6×2 e 8×2, e nas motorizações de 9 e 13 litros, de 5 e 6 cilindros, com opções de 250, 310, 360, 400 e 440 cavalos de potência. Também há as opções de 280 cv e 320 cv nas versões a gás. O torque varia de 1.150Nm a 2.300Nm.

Outro sucesso para a linha 2018 são os rodoviários que atendem à legislação para 15 metros de comprimento. São modelos oferecidos com a tração 8×2, para opções DD (double decker). A Scania é a marca que mais vende os novos modelos 8×2 para carrocerias de 15 metros.

Já para a mobilidade urbana eficiente a gama Scania tem modelos a partir de 12,5 até 28 metros de comprimento, com capacidade para transporte de 86 a 270 passageiros. As configurações são com piso baixo, normal, padrons, articulados, para corredores exclusivos, sistemas BRT ou BRS. Também estão no portfólio chassis de 15 metros (exclusivo no mercado) e 18,6 metros para atender operações mais rentáveis.

Para contribuir com uma mobilidade urbana eficiente oferecemos uma variável quantidade de modelos, que podem receber diversas configurações de tamanho, tração, capacidade de carga, motor e tecnologias de segurança. Nossos chassis são reconhecidos pelo menor custo total de operação no ciclo de vida do veículo”, explica Frizeiro.

Para o segmento urbano a Scania também oferece o ônibus nacional movido a biometano/GNV, o primeiro e único do mercado, que considera a solução mais viável para a realidade brasileira: demonstrações feitas comprovaram que o custo operacional é quase 30% menor do que o ônibus diesel, o que faz compensar o investimento. A Scania projeta que em dois anos e meio um veículo desse tipo amortiza o investimento.

Confira os principais modelos de ônibus rodoviários da Scania:

      – K 250 IB 4×2

      – K 310 IB 4×2

Esses dois modelos são indicados para o fretamento e linhas curtas. Em razão do alto torque (1.550 Nm) os modelos possibilitam aos clientes excelentes resultados operacionais pela robustez do conjunto e baixo consumo de combustível.

      – K 360 IB 4×2

É o chassi mais emplacado da Scania no Brasil e uma ótima opção para carrocerias de 14 metros. A logística de transporte e a nova regulamentação das linhas interestaduais estão levando os empresários a escolher modelos mais rentáveis, migrando da tração 6×2 para a 4×2 (de 14 metros e até 50 lugares). Indicado para a aplicação rodoviária de curtas, médias e longas distâncias. O torque elevado a baixas rotações (1.850 Nm) assegura uma excelente força de arranque e aceleração para uma dirigibilidade excepcional em condições de tráfego e difíceis acessos.

      – K 360 IB 6×2

      – K 400 IB 6×2

Além de serem excelentes opções para operação rodoviária de média e longa distância, esses dois modelos também são ideais para operações de turismo e de fretamento. Ambos são equipados com motor 13 litros e têm alto torque de 2.100 Nm. 

      – K 440 IB 8×2

A solução 8×2 de 15 metros vem puxando uma tendência. O atual modelo de maior destaque da Scania vem evidenciando cada vez mais a marca neste novo nicho dos rodoviários. Devido a nova regulamentação das linhas interestaduais, diversos os empresários estão migrando da tração de 6×2 também para o 8×2, que consegue transportar mais pessoas em uma viagem, com importante redução de custos. 

Confira os principais modelos urbanos ônibus da Scania:

      – K 250 UB/IB 4×2 NB – piso normal ou baixo

Motor diesel de cinco cilindros em linha com quatro válvulas em cada, possui opções de 12,5/13,2 metros, com capacidade até 115 passageiros. É uma ótima solução para o transporte eficiente nos grandes centros urbanos.

      – K 310 IB/UB 6×2*4 – piso normal ou baixo

O motor gera 310 cavalos e um alto torque (1.550 Nm), já em baixas rotações, possibilita excelentes resultados operacionais pela robustez do conjunto e menor consumo de combustível. Na opção de 15 metros com piso baixo, facilita o embarque dos passageiros.

Articulados

Para aguentar o trabalho nas linhas troncais dentro dos corredores exclusivos é preciso que o ônibus tenha um chassi muito robusto, mas também seja econômico. A Scania oferece os veículos ideais com suspensão eletrônica pré-ajustável, que facilita a adequação às plataformas, e sistema de articulação seguro com monitoração.

Um diferencial Scania nos modelos K310 IB 6X2*4  e  K310 IB 6X2/2 são os redutores de cubo que contam com engrenagens helicoidais, permitindo a redução de ruídos durante a operação.

Biarticulados

Novidade da Scania, o modelo F 360 HA, piso normal, tem motor frontal de 360 cv de grande porte (mas de baixa rotação) e desenvolve torque de 1.850 Nm (o maior da categoria) já em baixas rotações para economizar combustível. O biarticulado F 360 HA recebe caixa automática e suspensão a ar com quatro bolsões nos eixos traseiros. A composição tem a configuração 8×2 de 43,5t de capacidade de carga, que permite levar 270 passageiros ao longo de seus 28 metros de comprimento. Os redutores de cubo também contam com engrenagens helicoidais, que diminuem o ruído durante a operação do veículo. 

Sobre a Scania

A Scania é líder mundial de soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes, estamos liderando a transformação para um sistema de transporte sustentável. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega cerca de 49.300 pessoas. Pesquisa & Desenvolvimento estão concentrados na Suécia, com filiais no Brasil (São Bernardo do Campo – SP) e na Índia. A produção ocorre na Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurásia. A Scania faz parte da TRATON AG. 

Para mais informações sobre a Scania acesse: http://bit.ly/2rkkVFx

Comentários

  1. WILLIAM DE JESUS SANTOS disse:

    A Scania insiste no erro ao não trazer um chassi articulado de 340 ou 360 cavalos. Ao passo que a Volvo também erra em insistir no B360S, mas ao menos já está desenvolvendo um articulado de 360cv de motor traseiro

    Enquanto isso a Mercedes ri a toa, já que praticamente não tem concorrencia

  2. Alex Sandro disse:

    kd um k360 superaticulado… ja tem o motor basta colocar na traseira de um articulado e do superarticulado… depois fica chorando que sptrans adotou modelos que eles ñ tem… ñ tem pq ñ quer…

    kd tb os modelos a etanol e a gás???

Deixe uma resposta