Linha 8-Diamante volta a operar com normalidade após problemas por causa de furto de cabos e equipamentos

Publicado em: 12 de novembro de 2019

Empresa vai ainda calcular prejuízos

Lentidão ocorreu entre as estações Presidente Altino e Imperatriz Leopoldina

ADAMO BAZANI

As operações na Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi), da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos , começaram a se normalizar a partir das 8h após circulação com velocidade reduzida e tempo um pouco maior de espera no trecho entre as estações Presidente Altino e Imperatriz Leopoldina, que soma em torno de dois quilômetros.

O problema ocorreu por causa de furto de fios e equipamentos.

Em nota, a CPTM informou que espera da polícia a investigação do caso.

Na madrugada desta terça-feira (12/11) ocorreu furto de equipamento de controle de via da Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi).  Por este motivo,   um trecho de cerca de 2 km está sendo  operado  manualmente, entre as estações Presidente Altino e  Imperatriz Leopoldina.

Devido a esta ocorrência, desde as 6h, os intervalos estão maiores (subiu de 6 para 7 minutos). A medida é necessária para garantir a segurança da operação até a reposição completa do equipamento,  prevista  para ocorrer ainda hoje.

A  CPTM pede desculpas a população pelo transtorno e conta com o apoio das autoridades policiais para apuração dos fatos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta