Linha 5-Lilás do Metrô vai receber mais sete trens em 60 dias, diz Baldy

Publicado em: 22 de outubro de 2019

Transferência entre Metrô e ônibus da EMTU ganhou novo acesso, que possibilita que passageiros andem menos para trocar de modais

Secretário dos Transportes Metropolitanos apresentou obras de ampliação do acesso e melhorias da Estação Capão Redondo

ADAMO BAZANI

Colaborou Jessica Marques

Em até 60 dias, a linha 5 – Lilás (Capão Redondo – Chácara Klabin) do Metrô, operada pela Via Mobilidade, vai receber mais sete trens, que serão incluídos na frota operacional e reserva.

A informação é do Secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, em resposta aos questionamentos do Diário do Transporte durante entrega das obras de ampliação do acesso e melhorias da Estação Capão Redondo, no extremo Sul da capital paulista.

As composições estavam previstas no contrato e, segundo Baldy, vão aumentar a capacidade da linha.

O secretário disse que com as obras de melhorias, há estimativa de a linha poder atrair mais pessoas e que a concessionária ViaMobilidade vai adequar esta frota maior à demanda.

JARDIM ÂNGELA

O Secretário Alexandre Baldy voltou a falar sobre o projeto de prolongamento da linha 5-Lilás ao Jardim Ângela.

O Secretário disse que a ordem do Governador João Doria é realizar estudos aprimorados para apresentar um projeto que possa ser concluído.

Apesar de a diretriz ser para que a apresentação do projeto seja breve, Baldy não arriscou dar uma previsão de data.

Um grupo de moradores exibia cartazes pedindo a ampliação da linha até o Jardim Ângela.

ACESSO

CAPAO_06

Acesso tem novos portões

As obras de ampliação dos acessos e melhorias apresentadas nesta terça-feira, 22 de agosto de 2019, foram bancadas pela ViaMobilidade, concessionária da linha, que não informou o valor pontual das intervenções, mas disse que as estão dentro do pacote de R$ 3 bilhões de investimentos previstos ao longo da concessão.

De acordo com o Governo do Estado, entre as melhorias estão:

– O espaço foi ampliado em 63%;

– Ampliação do espaço de entrada;

– Implantação de uma passagem exclusiva para o terminal de ônibus e aumento do número de catracas;

– Substituição da escadaria da calçada por uma rampa, com ligação direta à área das catracas, para oferecer acessibilidade a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida;

– Reposicionamento das máquinas de autoatendimento e recarga de bilhetes.

Confira as imagens:

CAPAO_10CAPAO_09CAPAO_08

CAPAO_07

Estação recebe grande quantidade de passageiros de linhas municipais de São Paulo

CAPAO_05

Número de bloqueios foi ampliado

CAPAO_04

Área estendida possui nova cobertura

CAPAO_03

No lugar de escadarias, foi implantada uma rampa acessível

CAPAO_02

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Vamos torcer para rodarem.

    Se rodar, parabéns!

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta