Presidente do Chile incorpora mais 183 ônibus elétricos da BYD à frota de Santiago

Publicado em: 16 de outubro de 2019

Foto: presidente Sebastián Piñera. Foto: Governo do Chile

Na mesma solenidade, Sebastián Piñera inaugurou ainda o primeiro eletroterminal latino-americano para recarga da frota elétrica

ALEXANDRE PELEGI

Com a manchete “Somos os reis do transporte limpo”, um jornal do Chile divulgou a apresentação dos 183 novos ônibus elétricos fabricados pela BYD em cerimônia realizada nesta terça-feira, 15 de outubro de 2019. O presidente Sebastián Piñera dirigiu a solenidade juntamente com a ministra dos Transportes e Telecomunicações, Gloria Hutt.

O presidente chileno inaugurou também o primeiro terminal latino-americano exclusivo para ônibus elétricos, além de apresentar as novas unidades que serão adicionadas à frota que já percorre as ruas de Santiago.

A parceria entre a Enel X, a Metbus e a BYD possibilitou o primeiro “eletro-corredor” da América Latina, um sistema de transporte integral sustentável no qual apenas circularão ônibus 100% elétricos, tornando o Chile o líder em mobilidade elétrica na América Latina.

O passeio inaugural uniu as comunas de Ñuñoa e Peñalolén, parando em algumas das paradas tecnológicas de alto padrão construídas pela Enel X, para viver a nova experiência de viagem.

Os novos ônibus atravessarão a cidade de oeste a leste através de nove municípios, beneficiando cerca de 660 mil pessoas: Pudahuel, Cerro Navia, Quinta Normal, Lo Prado, Estação Central, Maipú, Santiago, Ñuñoa e Peñalolén.

Estamos dando esse grande salto à e para o futuro“, disse o presidente depois de fazer um passeio em um ônibus elétrico com padrão vermelho, que será a cor da frota limpa.

O terminal de Peñalolén, inaugurado ontem, possui painéis fotovoltaicos que podem fornecer energia a 138 ônibus elétricos, com um tempo de carregamento de 3 horas.

Graças ao trabalho conjunto entre o setor privado e governo, foi possível incorporar 285 ônibus elétricos no sistema de transporte público, posicionando o Chile como referência em eletromobilidade na América Latina. Hoje, damos mais um passo inaugurando o primeiro eletro-corredor sustentável da região, onde apenas circularão ônibus elétricos, o que nos motiva a continuar apoiando a transição do país para uma matriz energética mais limpa, que ajude a resolver desafios importantes, como a redução da poluição. de nossas cidades”, disse Paolo Pallotti, gerente geral da Enel Chile, ao jornal El Mostrador.

Com a apresentação dos 183 novos ônibus elétricos BYD, Santiago completa uma frota de 285 veículos desse tipo para um transporte público com zero emissões.

Com a chegada desses veículos, 15% da frota de transporte público possuem o padrão Vermelho, que incorpora acessibilidade universal, maior conforto, inovação e maior segurança, assentos mais confortáveis ​​e amplos, térreo, WiFi, ar condicionado e Carregadores USB.

PARCERIA

Os ônibus elétricos BYD K9FE, que passam pelo eletro-corredor, foram gradualmente incorporados ao sistema de transporte público em Santiago após serem adquiridos pela Enel X, estatal de energia elétrica chilena, e entregues à operador Metbus em modo de leasing.

Tamara Berrios, gerente nacional da BYD Chile, destacou que com os 285 ônibus 100% elétricos em operação atualmente na capital, Santiago reduz suas emissões equivalentes para mais de 9.400 carros convencionais.

Foto: Publimetro/Chile

onibus byd chileonibus byd chile 02

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Com informações da imprensa chilena

Comentários

  1. Almir Xavier disse:

    O Chile está se tornando um país incrível, jaja o Brasil perde o posto de líder na América do Sul.

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    VIVA EL CHILE!

    Por isto é que os Chilenos tem orgulho do Chile e na maioria das casas e prédios há uma bandeira do Chile.

    Parabéns!

    E o BarsiLei um país agrícola não tem buzão VERDE a alcool.

    MUDA BARSILei.

    Att,

    Paulo Gil

  3. Rodrigo Zika! disse:

    Enquanto isso o Brasil dorme em berço esplêndido. junto com o povo.

Deixe uma resposta