Estação de trem da CPTM leva nome da igreja mais antiga de São Paulo

Neste domingo, 29 de setembro de 2019, comemora-se o dia de São Miguel Arcanjo e igreja terá apresentação às 16h. Foto: Caio Pimenta.

Construída em 1622, a capela fica ao lado da Estação São Miguel Paulista, na Linha 12-Safira

JESSICA MARQUES

Uma estação de trem da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) leva o nome da igreja mais antiga de São Paulo. Construída em 1622, a capela fica ao lado da Estação São Miguel Paulista, na Linha 12-Safira, na Zona Leste de São Paulo.

Neste domingo, 29 de setembro de 2019, comemora-se o dia de São Miguel Arcanjo. A antiga igreja, que tradicionalmente possui horários de visitação restritos, hoje terá a apresentação do tenor Miguel Geraldi, às 16h.

As informações foram divulgadas pela CPTM, que divulgou a visita como uma dica de passeio para o domingo. O recital será aberto ao público, contudo, vale lembrar que a capela tem capacidade máxima para 100 pessoas.

Além do espetáculo de música erudita na capela, para celebrar a data também haverá missas na Catedral de São Miguel Paulista, a partir das 7h de domingo.

Encerrando as comemorações pelo dia de São Miguel Arcanjo, às 17h acontecerá uma procissão, seguida da última celebração, às 18h. A catedral está próxima à capela e também pode ser acessada pela estação São Miguel Paulista da CPTM.

HISTÓRIA

A capela de São Miguel Arcanjo, também conhecida como Capela dos Índios, foi construída em 1560 pelo padre José de Anchieta, mas demolida e reconstruída em 1622.

Foi um dos primeiros bens tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), há 80 anos, e trata-se de uma das poucas igrejas do século 17 a manter suas características iniciais praticamente intactas. O último restauro aconteceu entre 2006 e 2010.

Por sua vez, a construção da Catedral de São Miguel Arcanjo teve início em 1950 e o santuário foi inaugurado em 1962, próximo à capela. Ambos fazem parte da Diocese de São Miguel Paulista.

Em 2015, a Estação São Miguel Paulista da CPTM ganhou o painel “Capela São Miguel Arcanjo”, pintado pela artista plástica Adinéia Batatinha dos Santos.

Feita em óleo sobre tela, no estilo art pop, a obra tem 2,60m de largura e 1,80m de altura. Segundo a artista, há referências ao Padre José de Anchieta, em missão de evangelização, e à miscigenação de raças, entre nordestinos, índios e a população local, o que torna o bairro um grande encontro de culturas.

A Capela de São Miguel Arcanjo fica na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, 10 – em frente à Estação São Miguel Paulista, da Linha 12-Safira da CPTM.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Alberto Alecio disse:

    Boa noite. Estive no local mas a Capela manteve-se fechada o dia todo. Não abre aos domingos. Na igreja houve procissão e missa às 17h.

    1. jessicabus disse:

      As informações do evento de hoje foram divulgadas pela CPTM

  2. Thiago Afonso disse:

    Apesar que a estação se chama São Miguel Paulista por causa também do nome do distrito.

Deixe uma resposta