São Paulo apresenta novas formas de pagamento de tarifa de ônibus nesta quinta-feira, 12

Publicado em: 11 de setembro de 2019

De acordo com a prefeitura, em torno de 95% dos passageiros pagam com o Bilhete Único e 5% em dinheiro. Foto: Adamo Bazani.

Entre as possibilidades, está a utilização de cartões bancários

ADAMO BAZANI / JESSICA MARQUES

A prefeitura de São Paulo apresenta nesta quinta-feira, 12 de setembro de 2019, os detalhes de novas formas de pagamento de tarifas de ônibus municipais.

A novidade é um projeto-piloto do município. A apresentação ocorre na parte da manhã na sede do executivo paulistano.

Entre as possibilidades está a utilização de cartões bancários dentro dos coletivos. A tecnologia deve permitir o pagamento da tarifa apenas com a aproximação do cartão.

A medida deve ser uma opção principalmente para o usuário eventual, que não usa constantemente os ônibus e que não tem o Bilhete Único. De acordo com a prefeitura, em torno de 95% dos passageiros pagam com o Bilhete Único e 5% em dinheiro.

A apresentação ocorre dias depois de uma greve dos trabalhadores em transportes, que, entre outros motivos, protestavam contra falta de definições concretas sobre os cobradores no sistema.

A SMT – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes garantiu que não haverá uma demissão em massa dos cobradores e que os profissionais deixarão o sistema aos poucos, na medida em que forem mudando de serviço ou se aposentando. Entretanto, não haverá reposição destes profissionais que forem saindo.

Empresas de ônibus, secretaria e sindicato dos trabalhadores devem fazer acordos para programas de requalificação dos cobradores para outras funções e as viações devem oferecer um PDV – Programa de Demissão Voluntária, ainda a ser definido, para quem não quiser continuar no sistema de transportes.

A cidade de São Paulo tem aproximadamente 17 mil cobradores de ônibus nos subsistemas estrutural e de articulação regional, operados pelas viações mais antigas.
O subsistema local de distribuição, das empresas que surgiram de cooperativas, já opera sem cobradores.

Adamo Bazani e Jessica Marques, jornalistas especializados em transportes

Comentários

  1. Anderson Araújo disse:

    “A SMT – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes garantiu que não haverá uma demissão em massa dos cobradores”. Nesse ponto eu duvido. As empresas sempre articulam meios de demitir por justa causa, muitas vezes sem ter motivos. Com as mudanças quanto as leis trabalhistas e os empecilhos no acionamento do TRT, muitos serão prejudicados, financeiramente e psicologicamente.

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Cartão bancário por aproximação é uma tecnologia natimorta, por ser frágil com relação a segurança; ainda mais num buzão lotadaço.

    E quais são as outras formas??

    Att,

    Paulo Gil

    1. William de Jesus disse:

      Paulo Gil, também achei estranha essa “novidade” de descontar do cartão apenas encostando ele no validador. Abre um precedente para roubos, furtos, fraudes… Tem uma cidade do interior de SP (se não me engana é Sorocaba), onde lá também dá pra pagar via cartão de banco, mas o usuário precisa colocar o cartão e inserir a senha. Em SP precisa ter isso e ainda opção de liberação via digital

  3. Helena Gomes disse:

    Esse imbecil do Bruno covas prejudicou muita gente de mais idade ou mais humilde que tem dificuldade de se “conectar” impedindo-as de tirar o bilhete único e PREJUDICANDO-AS! ISSO SERÁ LEMBRADO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES!

  4. Rodrigo Zika! disse:

    Finalmente saiu do jurássico como diz o Paulo Gil, pra um começo já e algo positivo, lembrando que li em outro site que outra forma que terá no teste também e pagamento por NFC, e essa tecnologia mesmo no celulares modernos poucos possuem, falta colocar por QR code, que e o que a CPTM esta testando atualmente, parece que e a única coisa positiva que esse prefeito poste fez desde que assumiu, precisa evoluir a cidade mais populosa do país.

  5. Anderson Sampaio Rodrigues disse:

    Quais são as outras formas além do cartão?

    1. blogpontodeonibus disse:

      A prefeitura anuncia hoje

  6. MARCOS TORSANI disse:

    Então, quanto aos cartões de banco, há uma janela que permite a abertura de cobrança de tarifa, sendo ativada junto a instituição (banco), mediante a assinatura de um contrato validando tal serviço e tornando seguro a transação dentro do coletivo.

  7. Vagner disse:

    Muito Boa Tarde a Todos.
    E vão se preparando os próximos a serem substituidos serão os Motoristas.

Deixe uma resposta