Paese é acionado para atendimentos no Metrô e na CPTM neste fim de semana

Paese será operado pela SPTrans, com ônibus gratuitos para passageiros do sistema de trilhos. Foto: Sidnei Santos / SPTrans.

Linhas 15-Prata e 3-Vermelha do Metrô terão operação diferenciada no fim de semana, assim como a linha 9-Esmeralda da CPTM

JESSICA MARQUES

O Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) será acionado para atendimentos de passageiros do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) neste fim de semana.

As Linhas 15-Prata e 3-Vermelha do Metrô terão operação diferenciada no fim de semana, assim como a Linha 9-Esmeralda da CPTM.

No sábado, 07 de setembro de 2019, feriado do “Dia da Independência do Brasil”, todas as estações da Linha 15-Prata permanecerão fechadas das 4h40 às 14h00 para continuidade dos testes programados no sistema de controle de trens.

Durante o período de interdição, os passageiros que utilizam a Linha 15-Prata serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão entre as estações Vila Prudente e Jardim Planalto até a retomada da circulação dos trens.

A SPTrans informou que neste sábado o Paese será acionado a pedido do Metrô, entre 4h20 e 14h, entre as estações Jd. Planalto e Vila Prudente da linha 15 – Prata de monotrilho.

Para garantir o deslocamento dos usuários será implantada a linha especial Estação Jd. Planalto – Estação Vila Prudente que irá operar com 15 veículos.

Confira o itinerário da linha Estação Jd. Planalto – Estação Vila Prudente:

Ida: Estação Jd. Planalto – Monotrilho, Av. Sapopemba, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. União – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. Tolstoi – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello,

Estação São Lucas – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Oratório – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Complexo Viário Sen. Antônio E. de Barros Filho, Av. Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello, Estação Vl. Prudente – Monotrilho.

Volta: Estação Vl. Prudente – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, R. Ibitirama, R. Cavour, R. Itamumbuca, acesso a, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Oratório – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação São Lucas – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. Tolstoi – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. União – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Av. Sapopemba, Estação Jd. Planalto – Monotrilho, Av. Sapopemba, retorno na Av. Arq. Vilanova Artigas, Av. Sapopemba e Estação Jd. Planalto – Monotrilho.

Por sua vez, as demais linhas operadas pelo Metrô irão funcionar normalmente no sábado, com frotas habituais em circulação.

No domingo (08), a mudança na operação ocorrerá na Linha 3-Vermelha. A partir das 4h40, e pelo dia todo, a circulação dos trens, no trecho entre as estações Tatuapé e Belém, acontecerá por uma única via (singela) com intervalos maiores entre as composições. Esta estratégia é necessária para dar prosseguimento às obras de modernização do sistema de sinalização de via.

Na segunda-feira (09), todas as linhas metroviárias voltam a ter operação normal, nos horários habituais de funcionamento.

CPTM

O final de semana de 7 e 8 de setembro será o primeiro em que parte da Linha 9-Esmeralda será paralisada por conta das obras da Linha 17-Ouro do Metrô.

A circulação de trens estará interrompida entre as estações Santo Amaro e Berrini durante toda a operação comercial de sábado e domingo. Além do Paese (ônibus gratuitos) disponível aos passageiros, as outras opções são as linhas 4-Amarela e 5-Lilás.

Segundo a SPTrans, para garantir o deslocamento dos usuários será implantada a linha especial Estação Santo Amaro – Estação Berrini que irá operar com 32 veículos.

Confira o itinerário da linha Estação Santo Amaro – Estação Berrini:

Ida: Estação Santo Amaro, Av. Pe. José Maria, Av. das Nações Unidas (pista local), Estação Berrini (entre as ruas Flórida e Joel Carlos Borges).

Volta: Estação Berrini (sob a passarela da CPTM), Av. das Nações Unidas (pista local), Rua Guilherme Barbosa de Melo, Pça. Gen. Gentil Falcão, Av. Eng. Luís Carlos Berrini, Av. Dr. Chucri Zaidan, Av. Cecília Lottenberg, Rua Laguna, Av. João Dias, Rua Barão do Rio Branco, Av. Mário Lopes Leão, Av. Eng. Francisco Pitta Brito, Av. Padre José Maria, Estação Santo Amaro.

Outras linhas da CPTM também terão intervalo maior entre os trens. No domingo, a Linha 13-Jade opera normalmente com o serviço regular, mas não haverá o serviço Expresso Aeroporto. Confira a programação e planeje a sua viagem:

Sábado, 07/09

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato – Jundiaí)

Das 10h às 18h serão feitos serviços na via nas proximidades da Estação Várzea Paulista. O intervalo médio entre os trens será de 30 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi)

Durante toda a operação comercial, haverá intervenções no sistema de energia entre Barueri e Itapevi. O intervalo médio entre os trens será de 20 minutos entre estas estações.

Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)

Durante toda a operação comercial, os trens não irão circular entre as estações Santo Amaro e Berrini por conta das obras da Linha 17-Ouro do Metrô. O sistema Paese será oferecido entre estas estações. Nos demais trechos da linha o percurso será normal.

Linha 11-Coral (Luz-Estudantes)

Durante toda a operação comercial, o intervalo médio será de 15 minutos entre Luz e Brás e de 30 minutos entre Brás e Estudantes. Isso porque haverá a instalação de borrachões na plataforma 3 da Estação Tatuapé, além de obras de modernização do sistema de energia entre as estações Corinthians-Itaquera e Guaianases e entre Jundiapeba e Braz Cubas, onde também haverá serviços programados na via.

Domingo, 08/09

Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato)

Entre 6h e 23h os intervalos médios serão de 20 minutos de Luz a Francisco Morato. A partir deste horário até o final da operação comercial, o intervalo médio será de 24 minutos no mesmo percurso. Isso acontecerá por conta de três obras distintas:

– Das 6h às 23h serão instalados borrachões na plataforma 5 da Estação Palmeiras-Barra Funda.

– Entre 8h e 18h haverá manutenção na via nas imediações da Estação Vila Clarice.

– Das 23h até o final da operação os serviços ocorrerão na via entre Luz e Palmeiras-Barra Funda.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi)

Durante toda a operação comercial os serviços serão realizados no sistema de energia entre Barueri e Engenheiro Cardoso. Das 9h às 18h, também haverá serviços na via entre as estações Jandira e Sagrado Coração.

Desta forma, entre 9h e 18, os intervalos médios serão de 16 minutos entre Júlio Prestes e Barueri e de 32 minutos de Barueri a Itapevi. Nos demais horários, os intervalos médios serão de 20 minutos entre Barueri e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)

Durante toda a operação comercial, os trens não irão circular entre as estações Santo Amaro e Berrini por conta da continuidade das obras da Linha 17-Ouro do Metrô. O sistema Paese será oferecido entre as duas estações.

Das 7h às 15h30, também haverá obras de modernização da via e sistemas de energia entre as estações Primavera-Interlagos e Grajaú. Neste período o intervalo médio entre os trens será de 12 minutos entre Santo Amaro e Grajaú.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Das 8h às 18h, as intervenções serão na via entre as estações Guapituba e Rio Grande da Serra. O intervalo médio entre os trens será de 16 minutos de Brás a Mauá e de 32 minutos entre Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Durante toda a operação comercial haverá serviços no sistema de energia entre as estações Itaim Paulista e Jardim Romano. O intervalo médio entre os trens será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 13-Jade (Engenheiro Goulart – Aeroporto-Guarulhos)

Domingo: Não haverá viagens do serviço Expresso Aeroporto durante toda a operação comercial.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta