Manifestações de motoristas e cobradores afetam circulação de ônibus em terminais de São Paulo

Publicado em: 5 de setembro de 2019
Ônibus

Terminal Parque Dom Pedro II. Foto: Rodrigo Lopes – Via Trólebus

Coletivos vazios também circulam no centro da cidade. Acompanhe as atualizações frequentes feitas pelo redação do Diário do Transporte

JESSICA MARQUES

As manifestações realizadas pelo SindMotoristas (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo) estão impedindo a circulação dos ônibus em terminais da capital paulista. Acompanhe as atualizações abaixo.

Na tarde desta quinta-feira, 05 de setembro de 2019, os terminais Bandeira e Parque Dom Pedro II foram fechados por manifestantes, que impedem a circulação dos ônibus.

A SPTrans informou ao Diário do Transporte que os passageiros podem entrar nos terminais, mas a circulação dos ônibus está sendo afetada pelo ato. Contudo, não há ainda um levantamento de quantas linhas estão sendo afetadas.

Os motoristas e cobradores que participam dos protestos solicitaram aos passageiros que descessem dos ônibus. Os veículos estão circulando vazios em direção ao centro de São Paulo e estão sendo aglomerados na região do Viaduto do Chá, em frente ao prédio do Executivo.

A categoria está em frente à sede da Prefeitura. O grupo quer que o Executivo receba representantes do sindicato para discutir diversas questões relacionadas aos transportes, como corte de frota de ônibus, que segundo a categoria, pode resultar em demissões.

Os trabalhadores também querem uma posição mais concreta com relação ao futuro dos cobradores de ônibus no sistema.

A categoria espera ainda o pagamento da PLR – Participação dos Lucros e Resultados pelas empresas.

Confira abaixo a nota do sindicato sobre a paralisação:

A partir do meio dia os ônibus irão parar em São Paulo. Os veículos em circulação se concentrarão nas adjacências da Câmara e Prefeitura Municipal.

Foram inúmeras tentativas de diálogo com o prefeito Bruno Covas, sem sucesso.

O sindicato anuncia ainda que amanhã os veículos não sairão das garagens.
O deputado federal e presidente licenciado do SindMotoristas, Valdevan Noventa, deverá chegar de Brasília para a manifestação.

O Diário do Transporte aguarda retorno da Prefeitura sobre a pauta dos sindicalistas e da SPTrans sobre a operação das linhas na cidade.

ACOMPANHE AS ATUALIZAÇÕES

ATUALIZAÇÃO – 15:10

Nota encaminhada ao Diário do Transporte pela SPTrans:

A SPTrans informa que uma manifestação sindical surpresa prejudica a operação dos terminais A.E. Carvalho, Bandeira, Campo Limpo, Capelinha, Jardim Ângela, Lapa, Mercado, Parque D. Pedro II, Princesa Isabel, Pinheiros, Sacomã, São Miguel, Santo Amaro e Varginha, a partir das 12h30 desta quinta-feira (5). A equipe de fiscalização da SPTrans orienta os passageiros nos terminais e permanece monitorando a operação das linhas a fim de auxiliar a população.

ATUALIZAÇÃO – 14:45

Neste momento os terminais Parque Dom Pedro, Bandeira, Pinheiros, Campo Limpo, Princesa Isabel, Santana, Capelinha, Sacomã, Lapa e Santo Amaro estão fechados devido paralisação dos motoristas e cobradores.

Está previsto para as 16h uma assembleia em frente à Prefeitura de São Paulo para definir os rumos do movimento.

ATUALIZAÇÃO – 14:00

Segundo informações da Auto Viação Transcap, o Terminal Campo Limpo está fechado no momento devido aos protestos dos motoristas e cobradores.
As linhas 807J/10 & 807M/10 – Terminal Campo Limpo X Shop. Morumbi seguem com operação normal partindo da Rua Campina Grande, ao lado do terminal, no ponto final da linha 809L/10 – Campo Limpo X Lapa.

Outras informações: interferência nos terminais Pinheiros e Campo Limpo afeta a circulação de suas linhas.

Já o Terminal Santo Amaro também foi afetado.

No Terminal Santana os ônibus estão paralisados – apenas os circulares na Avenida Cruzeiro do Sul estão operando no momento.

Resumo até aqui,14h: os protestos alcançam os Terminais Bandeira, Parque Dom Pedro, Princesa Isabel, Campo Limpo, Pinheiros e Santana.

ATUALIZAÇÃO – 13:45

Segundo informações obtidas pela redação às 13h:35, os protestos teriam afetado os terminais Bandeira e Parque do Pedro II, que teriam sido fechados pelos sindicalistas por volta das 12h35. Por volta das 12h43, ainda segundo os sindicalistas, foi a vez do Princesa Isabel e, por volta das 13h10, os terminais Campo Limpo e Pinheiros, também fechados. Existe ainda a informação da possibilidade do Capelinha e do Santo Amaro serem fechados nos próximos minutos.

A redação entrou em contato com a SPTrans, que confirmou apenas a paralisação do Terminal Princesa Isabel às 12h45.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta