Governo do Paraná retoma obras de dois corredores prometidos para a Copa do Mundo de 2014

Corredor da Marechal Floriano Peixoto, que era para ter sido entregue na Copa do Mundo de 2014, terá obras retomadas em setembro de 2019. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Requalificação do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária e Corredor da Floriano Peixoto estavam com obras paralisadas até este ano

ALEXANDRE PELEGI

O Governo do estado do Paraná anuncia que vai retomar as obras de requalificação do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária. Única grande obra de mobilidade em andamento em Curitiba (PR), prometida para a Copa do Mundo de 2014, as obras do corredor foram iniciadas em 2012, mas estavam paralisadas até o início deste ano.

O projeto do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária aguarda a conclusão do relatório técnico, que deverá sugerir revisões. As mudanças terão de ser renegociadas com o consórcio executor.

Já o Corredor da Marechal Floriano Peixoto é outra obra que será retomada ainda em setembro, com previsão de conclusão em junho de 2020, segundo o chefe da Casa Civil, Guto Silva.

Segundo comunicado do Governo do Paraná, a gestão retomou 83% das obras de grande porte, com valores acima de R$ 1,5 milhão, que haviam sido paralisadas em gestões anteriores.

Para desenvolver um cronograma de retomada, o governo paranaense criou Grupo de Trabalho no início de junho para acompanhamento das 43 obras pendentes de conclusão que foram listadas em relatório encaminhado no início do ano ao Tribunal de Contas do Estado.

Segundo o levantamento, o custo atualizado desses projetos chega a R$ 366 milhões, dos quais R$ 100 milhões já foram desembolsados.

A previsão do governo paranaense é que até meados de 2020 a maioria das obras estará concluída ou em processo de execução.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta