JTP Transportes passa a operar em Embu das Artes a partir de outubro

JTP Transportes
Nova empresa vai oferecer uma frota com mais de 75 ônibus e, dentre esses, 20 são 0 km com ar-condicionado e tomadas USB. Foto: Divulgação.

A partir do dia 7 de outubro, o cartão BEM não será mais aceito e os usuários devem utilizar a recarga dos seus cartões antes dessa data

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Embu das Artes, por intermédio de licitação, contratou a empresa JTP Transportes Serviços, Gerenciamento e Recursos Humanos Ltda. e informou que a viação passará a operar em outubro na cidade.

O transporte municipal já passa pela transição das empresas e, nesse período, será necessário realizar um novo cadastramento para bilhetagem eletrônica, entre os dias 09 de setembro e 1º de outubro.

Segundo a Prefeitura, “o sistema será moderno, antifraude e terá também reconhecimento facial. Vale destacar que a partir do dia 7 de outubro, o cartão BEM não será mais aceito e os usuários devem utilizar a recarga dos seus cartões antes dessa data”.

A nova empresa vai oferecer uma frota com mais de 75 ônibus e, dentre esses, 20 são zero-quilômetro, todos equipados com ar-condicionado, novo leitor de bilhete com reconhecimento facial, tomadas USB e câmeras de monitoramento. Além dessas novidades, um aplicativo será disponibilizado para localização em tempo real do ônibus, segundo a Prefeitura.

A JTP, que tem sede em Barueri, na Grande São Paulo, fará a operação dos serviços por 20 anos, de acordo com a concessão concedida para a empresa vencedora na licitação. O critério de contratação foi o menor custo apresentado e a tarifa permanecerá em R$ 4,00, segundo a administração municipal.

CADASTRAMENTO

Serão cadastrados, segundo a Prefeitura, o grupo prioritário, estudantes e passageiros comuns. Paralelamente, será feito um trabalho junto às empresas que oferecem vale-transporte aos seus funcionários.

PONTOS DE CADASTRAMENTO:

JD. SANTO EDUARDO
PRAÇA DE ATENDIMENTO
EST. DE ITAP. A CAMPO LIMPO, 2673
SEG A SÁB DAS 8H30 ÀS 17H
DOM DAS 8H ÀS 12H | 11 4203-1846

JD. SANTA TEREZA
FÁBRICA DE EMPREGOS
R. CERQUEIRA CÉSAR, 846
SEG A SÁB DAS 7H ÀS 17H
DOM DAS 8H ÀS 12H | 11 4243-5296

CENTRO
PRAÇA DE ATENDIMENTO
RUA ANDRONICO DOS P. GONÇALVES, 114
SEG A SÁB DAS 8H30 ÀS 17H
DOM DAS 8H ÀS 12H | 11 4785-3500

HISTÓRICO

A Transartes Turismo e Locadora de Veículos Ltda., atual operadora da cidade, participou da licitação, mas foi inabilitada no processo de análise de documentos.

A Expresso Fênix Viação Ltda. foi classificada para a próxima fase da licitação, ao lado da JTP, que acabou sendo a vencedora do certame.

No dia 11 de abril, a prefeitura divulgou o Contrato n° 028/2019 firmado com a
vencedora da licitação dos transportes por ônibus da cidade, a empresa JTP
Transportes, Serviços, Gerenciamento e Recursos Humanos Ltda.

A Transartes deve continuar operando as linhas do transporte municipal até a JTP assumir em definitivo, como previsto no contrato.

A JTP tem sede em Barueri, na Grande São Paulo, e os sócios são Paulo Henrique Wagner e Tadeu Wagner Júnior, de acordo com a Jucesp – Junta Comercial do Estado de São Paulo.

O critério que levou a empresa a vencer certame foi a menor tarifa apresentada. A JTP fará a operação dos serviços por 20 anos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Cleber Alves de Lim disse:

    Ue… Aqui pode ter contrato de 20 anos e em São Paulo é anticonstitucional?

  2. Rodrigo Zika! disse:

    Também me pergunto o mesmo, só SP não pode 20 anos? Como sempre agindo politicamente a ”justiça”.

  3. Ronald disse:

    Pra quem não sabe, essa JTP nada mais é que uma cooperativa camuflada onde um de seus diretores, é e tem grande influência no TC.
    Brasil, onde os tolos, somos a maioria.

    1. William A dos Anjos disse:

      Exatamente meu colega, o sr ja matou a charada assim como eu. Para os Embuenses mais leigos essa JTP já tem um dominio da MAFIA do transporte escolar aqui no embu das artes a ANOS… pq não deixam uma MIRACATIBA ou PIRAJUSSARA prestar esse serviço, assim como elas prestam em intermunicipais e municipais em TABOAO DA SERRA ?
      Dai no ano que vem (eleitoral) os munícipes reelegem o atual prefeito novamente.

  4. Rafael Lopes disse:

    Na capital há uma lei MUNICIPAL que limita os tempos dos contratos para 15 anos, salvo engano desde 2005, e que a Prefeitura, tanto na gestão Haddad como na Dória/Covas, simplesmente ignoraram nos editais. Em Embu das Artes não há dispositivo semelhante, então a Prefeitura pôde celebrar esse contrato de 20 anos.

    1. Rodrigo Zika! disse:

      Estou tentando enfiar na cabeça isso, pois se existe a lei porque o prefeito poste permaneceu deixando 20 anos, agiu politicamente piada.

  5. WILLIAM DE JESUS SANTOS disse:

    Vai “fornecer” 75 carros, sendo 20 novos com ar condicionado.

    Já entende -se que a frota atual vai ser absorvida por ela e tomar um banhozinho de tinta. Deveria mudar a frota toda, isso sim!

  6. Heloisa Aparecida dos Reis disse:

    Não acredito em conto de fadas, uso este ônibus todos os dias para trabalhar se estava ruim espero por um milagre que não seja pior…..

  7. Fernanda Paiva Lúcio disse:

    Nesses últimos dias a atual empresa piorou o que já estava péssimo. Uma hora e 15 minutos e nada de ônibus nas linhas Angela_Embu e Batista – Tomé. Absurdo com trabalha na região do Batista Valo Velho e Itapecerica. Vamos esperar segunda feira pra ver se fica menos ruim.

  8. Iraci Bezerra de Araujo disse:

    O pior é aqui no 25 que se eu precisar ir para o Jdm Sto Eduardo preciso atravessar a pista sem segurança ir até depois da ETC para pegar o ônibus desconfortável e lotado devido a demora do mesmo.

  9. Renato Freitas disse:

    E quem tem créditos sobressalentes no cartão BEM faz como?

  10. jaber disse:

    Ney Santos Bandido ladrão quadrilheiro

Deixe uma resposta